Publicidade

Presidente da Caixa imita gesto de Bolsonaro e coloca empregados para ‘pagar’ flexões

  • em



Pedro Guimarães expõe bancários em gestos humilhantes e vexatórios em mais um evento da empresa usado para seus projetos pessoais e políticos

 

 

 

Toda imprensa tem divulgado seguidas notícias do uso indevido da Caixa Econômica Federal pelo seu atual presidente, Pedro Guimarães, que está de olho nas eleições de 2022. O próprio Jornal Bancário publicou matéria de agências no Rio, que estão proibindo os bancários de vestir roupa vermelha, numa decisão arbitrária com claro cunho político-eleitoral. Mas desta vez, Guimarães passou de todos os limites e promoveu cenas que são um verdadeiro cúmulo do absurdo.

 

 

No evento “Nação Caixa 2021”, realizado na última terça-feira, 14 de dezembro, o executivo imitou um factoide político que o presidente Jair Bolsonaro costuma fazer em visitas aos quartéis: colocou os empregados do banco para ‘pagar’ flexões, uma tradição militar. As cenas humilhantes e estapafúrdias ocorreram em mais uma atividade que comfirma a campanha eleitoral de Pedro Guimarães, usando para isso, eventos e espaços da estatal. O evento foi realizado num caro resort, em Atibaia, interior de São Paulo

 

 

“É uma vergonha o que este Pedro Guimarães está fazendo com a imagem da Caixa. Ele está expondo os bancários ao ridículo, obrigando os empregados a uma cena humilhante para atender a seus projetos pessoais e políticos”, critica o diretor do Sindicato do Rio e presidente da Apcef/RJ, Paulo Matileti. O dirigente sindical lembra ainda que o evento foi realizado num caro resort, em Atibaia, interior de São Paulo, custeado com dinheiro da empresa.

 

 

Gestores denunciaram ainda que foram obrigados a fazer perfomances similares, numa demonstração feita para um militar que deu palestra para os participantes do encontro presencial.

 

 

Do Sindicato dos Bancários




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *