Publicidade

Vox Populi confirma vitória de Lula sobre Bolsonaro: 55% a 28% no segundo turno

  • em



Lula vence o primeiro turno com 34% dos votos, contra 24% de Bolsoanro. Huck marca 8%, em terceiro, seguido de Ciro Gomes (5%), Doria e Amoêdo (2%)

 

Pesquisa Vox Populi divulgada, nesta sexta-feira (21), pelo site Metrópoles, confirma a liderança do ex-presidente Lula nas simulações para as eleições presidenciais para 2022.

 

Na pesquisa espontânea, em que não são mostrados os nomes dos candidatos, Lula é citado por 33% dos entrevistados. Bolsonaro é lembrado por 19%, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 2%, e dos demais pré-candidatos – João Doria (PSDB), João Amoêdo (Novo), Luciano Huck, Fernando Haddad (PT), Sergio Moro e Guilherme Boulos – que são citados por 1%.

 

Nas perguntas estimuladas, Lula vence o primeiro turno com 43% dos votos, contra 24% de Bolsonaro. Huck marca 8%, em terceiro, seguido de Ciro Gomes (5%), Doria e Amoêdo (2%).

 

Na simulação de segundo turno contra Bolsonaro, Lula vence com 55% das intenções, enquanto o atual presidente fica com 28% – Nulos, brancos e indecisos somam 17%.

 

Contra Ciro, Lula tem vantagem de 52% a 19%, e contra Doria, vence por 56% a 14%.

 

Lula tem melhor desempenho no NE e, Bolsonaro, no Sul

 

Ainda segundo o Metrópoles, a pesquisa do Instituto Vox Populi sobre as eleições de 2022 aponta a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva ainda no primeiro turno.

Somente na Região Sul, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) venceria, mas com empate técnico.

 

No Nordeste, Lula tem 61% das indicações de voto, enquanto Bolsonaro atinge 18%.

 

Confira como é o desempenho dos dois e de demais possíveis candidatos em todas as regiões:

A preferência pelo ex-presidente Lula continua em quase todas as estratificações, como sexo, raça, idade, escolaridade e renda.

O único setor em quanto Bolsonaro ultrapassa Lula no voto estimulado é entre os evangélicos. Nesse caso, as intenções de votos do atual chefe do Executivo nacional alcançam 36%, contra 34% de Lula.

Com Revista Fórum e site Metrópoles

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *