Publicidade

Volvo suspende produção de caminhões por falta de peças e agravamento da pandemia

  • em


Em nota, a montadora de origem sueca diz que vai manter “boa parte” do efetivo em atividade

 

Mais uma montadora paralisa atividades alegando falta de gestão da pandemia do novo coronavírus no Brasil. A primeira foi a Volkswagen.

Desta vez é a Volvo.  Em nota à imprensa, a empresa sueca informou, nesta segunda-feira (22), que irá paralisar a partir da terça-feira, 23, a maior parte da produção de caminhões na fábrica de Curitiba (PR) por causa da falta de peças, principalmente de componentes eletrônicos, juntamente com o agravamento da pandemia no País.

A medida atinge, aproximadamente, 2 mil funcionários do total de 3,7 mil pessoas que trabalham na fábrica da Volvo na capital paranaense.

 

 

Em nota, a montadora diz que vai manter “boa parte” do efetivo em atividade, incluindo a produção de ônibus e uma parte da linha de caminhões, assim como a distribuição de peças a concessionárias.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *