Publicidade

Venezuela rejeita venda ilegal de ações da Citgo nos EUA

  • em



A Venezuela rejeitou categoricamente a decisão do juiz federal norte-americano Leonard Stark, que aprovou na terça-feira um cronograma para a venda das ações da Citgo, subsidiária da PDVSA nos EUA, para cobrir uma indenização de 1,4 bilhão de dólares à mineradora canadense. Crystallex para a nacionalização de um depósito de ouro na Venezuela.

 

 

“A Venezuela rejeita a decisão arbitrária proferida pelo juiz do Distrito de Delaware dos Estados Unidos, sobre o caso da empresa Citgo Petroleum, pertencente à PDV Holding, empresa detida pela Petróleos de Venezuela, S.A. (PDVSA)”, declarou a Comissão Presidencial Ali Rodríguez Araque em comunicado nesta quarta-feira.

 

 

Maduro diz que EUA roubaram Citgo com dívida ilegal

 

Refinaria da Citgo Petroleum, unidade americana da PDVSA, em Louisiana, EUA, em 12 de junho de 2018. (Foto: Reuters)
Refinaria da Citgo Petroleum, unidade americana da PDVSA, em Louisiana, EUA, em 12 de junho de 2018. (Foto: Reuters)

 

 

A entidade venezuelana, liderada pelo presidente Nicolás Maduro para a consolidação da indústria petrolífera do país bolivariano, destacou que a sentença dos EUA viola o direito internacional e faz parte de uma nova escalada de manobras ilegais para justificar o saque e a espoliação dos bens do povo venezuelano , para depois entregá-los a outras potências estrangeiras.

 

 

A Venezuela rejeita a decisão de um juiz norte-americano, que ordenou a liquidação das refinarias venezuelanas Citgo, subsidiária da estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA).

 

 

Diante de tal situação, a Venezuela assegura em sua nota que tem o direito de adotar medidas perante as instâncias internacionais para garantir o resgate e preservação do patrimônio do país.

 

 

O governo venezuelano é dono da Citgo desde a década de 1980. No entanto, após a autonomeação do líder da oposição Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela em 2019, os EUA confiscaram essa empresa de refino e nomearam um conselho de administração nomeado pelo golpista para ser responsável pela gestão desta empresa estatal.

 

 

Constituinte: Guaidó recebeu R$ 52 milhões por parcela no Citgo




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *