Publicidade

Venezuela está em paz para a megaeleição de 21 de novembro

  • em



 

 

Mais de 300 observadores internacionais de 55 países estão na Venezuela para fiscalizar a mega eleição de 21 de novembro, com 3.088 cargos de representação popular em disputa, entre eles 335 prefeitos, 23 governadores, 253 legisladores regionais e 2.471 conselheiros.

 

 

Na Venezuela, 87 organizações políticas estão participando do processo eleitoral com total liberdade e em paz.

 

 

 

Em dezembro do ano passado, nas eleições para a Câmara dos Deputados, poucos partidos da direita participaram das eleições. Nestas eleições o cenário é diferente. A direita vem com muita força e com o slogan “volta direita” no material de campanha.

 

 

As urnas eletrônicas da Venezuela são as mais seguras do mundo e permitem até 16 processos de auditoria. Ano passado, os inimigos da democracia incendiaram o depósito das urnas. Este ano, o processo está em paz.

 

 

A disputa está muito grande. Um total de 70.244 candidatos estão inscritos no processo eleitoral , distribuídos da seguinte forma: 329 candidatos a governadores, 4.462 candidatos a prefeitos e 65.453 disputam as assembleias legislativas e conselhos municipais.

 

 

O governo Maduro e o Conselho Nacional Eleitoral esperam que esta mega eleição concretize o triunfo da democracia e da verdade na Venezuela e que sirva de ferramenta para banir o criminoso bloqueio econômico contra o país e o povo venezuelano.

 

 

Serviço

 

Acompanhe as notícias das eleições pela TV Comunitária de Brasília, canal 12 na Net-DF, que estará em rede com a Telesur, de meio dia de domingo até meio dia de segunda.

 

 

(*) Por Paulo Miranda, jornalista atuante na TV Comunitária de Brasília e no Jornal Brasil Popular

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *