Publicidade

Vacinação contra gripe começa nesta segunda (23). DF tem cronograma para evitar aglomeração.

  • em


Por conta da pandemia do coronavírus no Brasil, a Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza foi antecipada em 30 dias e ocorrerá no período de 23 de março a 22 de maio. A Secretaria de Saúde disponibilizará 128 postos de vacinação e o primeiro grupo a receber as doses será o dos idosos.

Outras novidades foram adotadas em função do coronavírus. Este ano a vacinação poderá ocorrer em forma de drive-thru, ou seja, em locais com estacionamentos maiores em que o idoso possa ir de carro, e receber a vacina no próprio automóvel. Além disso, para evitar aglomerações, nesta primeira semana, que é exclusiva para os idosos, a imunização será aplicada em ordem alfabética. Pessoas acamadas/institucionalizadas com mais de 60 anos de idade podem agendar o recebimento da vacina em domicílio, a partir de 23 de março, pelo telefone 160.

“Os idosos vão receber suas vacinas por ordem alfabética, e o objetivo é evitar as grandes filas que se formam no início das campanhas. Por isso, pedimos que respeitem o cronograma, mas caso algum idoso se confunda no dia, será vacinado também. O objetivo da gente é proteger ao máximo nossos idosos, que é o grupo mais vulnerável ao coronavírus. Por isso, o atendimento das salas de vacina será das 8h às 22h”, explicou o secretário de Saúde do DF, Francisco Araújo, durante coletiva de imprensa online realizada neste sábado (21).

A campanha de vacinação no Distrito Federal vai contar com a parceria da Secretaria de Educação e das administrações regionais. O chefe da Casa Civil, Valdetário Monteiro, destacou a importância de unir forças para combater a Covid-19. “Estamos trabalhando unidos para fazer o melhor ao combate a essa pandemia. Não devemos nos aglomerar de forma alguma, por isso teremos tantos postos de vacinação, em escolas, administrações, etc”, explica.

 

Doses

O DF já recebeu 60.800 doses de vacinas. O restante será enviado pelo Ministério da Saúde, em um cronograma com 14 entregas semanais. A estimativa é que cheguem 1.015.600 doses.

No Distrito Federal, o público-alvo é de 912.914 pessoas. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a vacinação. Neste ano, o Ministério da Saúde decidiu ampliar a abrangência da vacinação no público adulto, incluindo adultos de 55 a 59 anos e as pessoas com deficiência, para aumentar o acesso à vacinação de grupos mais vulneráveis.

 

Grupos prioritários

Devem ser vacinadas pessoas com 60 anos ou mais de idade, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa, população privada de liberdade e servidores do sistema prisional, forças de segurança e salvamento, adultos de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência.

 

Contraindicações 

A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática em doses prévias da vacina, bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. Contudo, na maioria dos casos, as vacinas contra influenza têm um perfil de segurança excelente e são bem toleradas.

 

Óbitos

No ano passado, ocorreram 22 óbitos por influenza, sendo 17 por influenza A (H1N1), 3 por influenza B e 2 por influenza A não subtipada. Desses, 16 apresentaram um ou mais fatores de risco para complicação. Além disso, quatro não fizeram uso de antiviral.

 

Cronograma

  • 23 de março a 22 de maio: pessoas com mais de 60 anos e trabalhadores da saúde.
  • 16 de abril a 22 de maio: professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas.
  • 9 a 22 de maio: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.

Nesta primeira semana, a vacinação será exclusiva para os idosos, distribuídos por ordem alfabética nas datas de 23 a 27 deste mês, e cujo primeiro nome do registro civil (CNH, RG, Certidão de Nascimento, etc ) esteja disposto da seguinte forma:

  • 23/3 – Idosos de nome iniciado com as letras A, B, C, D e E;
  • 24/3 – Idosos de nome iniciado com as letras F, G, H, I e J;
  • 25/3 – Idosos de nome iniciado com as letras K, L, M, N e O;
  • 26/3 – Idosos de nome iniciado com as letras P, Q, R, S, e T;
  • 27/3  – Idosos de nome iniciado com as letras U, V, W, X, Y e Z.

 

  • Compartilhe