Publicidade

Vacina cubana Abdala mostra 100% de eficácia na prevenção de morte e doenças graves de Covid-19 em ensaios de fase III

  • em



O medicamento produzido pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB) foi autorizado na semana passada para uso emergencial na ilha.

 

 

A vacina Abdala desenvolvida por Cuba contra o coronavírus tem 100% de eficácia na  prevenção de doenças sistêmicas graves e também a morte do grupo vacinado, informou nesta sexta-feira o Itamaraty.

 

 

No mesmo estudo, realizado com 48.000 voluntários em seu esquema de três doses, os pesquisadores do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB) apontam que a eficácia do inoculador surgido em Havana é de 92,28% contra os doença sintomática. 

 

 

Até o momento, a ilha tem cinco medicamentos anticovídeos em investigação: Soberana 01, Soberana 02, Soberana Plus, Abdala e Mambisa, além de um sexto em estudo com cientistas chineses, o Pan-Corona.

 

 

 

 

O Abdala foi autorizado há uma semana pelo Centro de Controle Estadual de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos (CECMED) para uso emergencial.

 

 

 

 

Junto com a outra vacina mais avançada de Cuba, a Soberana 02, são administradas em massa na população cubana sob um modelo denominado intervenção sanitária, com voluntários de grupos de risco e em territórios de maior transmissão do vírus.

 

 

Ensaio clínico Ismaelillo para a vida da população infantil em Cuba Mais informações: https://t.co/8NfoBne9iv @CIGBCuba Via: @ACN_Cuba #Abdala #Ismaelillo #CubaPorLaVida pic.twitter.com/LPdnYHQbyP

– Portal Cuba (@portalcuba) 15 de julho de 2021

 

Conforme afirmou esta sexta-feira o chanceler Bruno Rodríguez em sua conta no Twitter, 60% da população cubana estará totalmente vacinada no próximo mês de agosto. O responsável destacou ainda que o país já atingiu 25% da população com uma dose administrada, percentagem que a coloca acima da média mundial.

 

 

Conforme noticiado nesta sexta-feira pelas autoridades da ilha, Cuba começará a vacinar sua população pediátrica contra o coronavírus em setembro próximo, assim que forem concluídos os ensaios clínicos nessa faixa etária de 3 a 18 anos.

 

 

O estudo denominado ‘Ismaelillo’, que começou esta quinta-feira 15, é desenvolvido em Camagüey em uma população de 600 crianças e adolescentes, informou o Granma . 

 

 

 

 

A vacina Abdala foi desenvolvida pelo  Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia . Baseia-se na formulação da proteína RBD (Domínio de ligação do receptor) e utiliza o hidrogênio do alumínio como amplificador da resposta imune. 

 

 

O desenho do medicamento  utiliza o  RBD e o receptor ACE 2, principal via de acesso do coronavírus à célula que infecta e causa doença no indivíduo. 

 

 

Recentemente, soube-se que outra candidata cubana contra o coronavírus, a  Sovereign 02 , mostrou  62% de eficácia em seu esquema de duas doses.

 

 

Do canal de TV RT en Español

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *