Fome Zero e Agricultura Sustentável – Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar, melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável – Objetivo 2 dos ODS e a TS – Ações E Alternativas Contra Subnutrição Infantil

 

 

É perfeitamente possível identificar convergência em algumas das metas descritas no Objetivo 2 dos ODS ( http://www.agenda2030.com.br/ods/2/ ) com a TS – Ações e Alternativas Contra Subnutrição Infantil. A complementariedade se dá quando estas se propõem em acabar com todas as formas de desnutrição, em crianças, meninas adolescentes, mulheres grávidas e lactantes e pessoas idosas.

 

 

Está proposto também na Agenda 2030 “…acabar com a fome e garantir o acesso de todas as pessoas, em particular os pobres e pessoas em situações vulneráveis, incluindo crianças, a alimentos seguros, nutritivos e suficientes durante todo o ano”.

 

 

A TS – Ações e Alternativas Contra Subnutrição Infantil foi desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) com o objetivo de produzir um alimento com a finalidade de erradicar a subnutrição infantil, com elevado valor nutricional e de baixo custo.

 

 

É importante destacar que a desnutrição infantil, por diminuir a imunidade, aumenta a susceptibilidade a doenças, prejudicando também o desenvolvimento físico e mental, podendo provocar inclusive a morte precoce das crianças.

 

 

O produto desenvolvido é uma bebida láctea fermentada, fortificada com ferro e que utiliza o soro de queijo, considerado um subproduto da indústria de alimentos e polpa de frutas do cerrado e com composição comprovada rica em bactérias láticas viáveis, carboidratos, proteínas, lipídeos, fibras, cálcio, ferro, fósforo e sódio.

 

 

Ao utilizar o soro na produção da bebida a TS também contribui com a preservação ambiental porque evita, o que muitas vezes ocorre, que é o descarte inadequado na natureza de um produto altamente contaminante para o lençol freático.

 

 

Destaca-se que todo o processo de produção contou com a devida autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, do Ministério da Agricultura, do Comitê de Ética em Pesquisa, entre outras, além de contar com o apoio de agentes de saúde e da Pastoral da Criança.

 

 

Detalhes sobre a implantação e funcionamento do projeto podem ser acompanhados pelos seguintes endereços eletrônicos:

 

 

https://transforma.fbb.org.br/tecnologia-social/acoes-e-alternativas-contra-subnutricao-infantil

https://www.ica.ufmg.br/?noticias=bebida-lactea-da-ufmg-contribui-para-melhoria-da-nutricao-e-seguranca-alimentar

 

 

A reaplicação desta TS pode contar com o apoio das Secretarias Municipais de Saúde e Educação, de investidores sociais privados, além Pró-Reitorias de extensão das Universidades.

 

 

(*) Por Jefferson Oliveira – Economista