Publicidade

Universidade Federal de Pelotas passa a ter gestão compartilhada com dois reitores

  • em


Dois reitores comandarão a reitoria da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) a partir desta sexta-feira, 8 de janeiro. Isabela Andrade, atual diretora do Centro de Engenharias, assumirá legalmente a Reitoria, por conta da nomeação pela Presidência da República. E o nome mais votado na eleição feita no Conselho Universitário e na consulta informal na comunidade acadêmica, Paulo Ferreira Júnior, assumirá extraoficialmente, num modelo inédito de cogestão.

 

Os dois integraram a lista tríplice vencedora da eleição. A decisão foi informada por meio de transmissão da UFPEL, realizada nesta quinta-feira, 7. Com objetivo de recusar a intervenção do governo federal na universidade. E também não abrir margem para que o Ministério da Educação nomeasse um interventor para a instituição, o que poderia ocorrer caso Isabela renunciasse.

 

O reitor que concluiu seu mandato, Pedro Hallal destacou que a partir de agora, “a UFPEL será administrada por um novo projeto coletivo, que representa praticamente uma continuação da nossa gestão, e, também foi eleito democraticamente pela comunidade da UFPEL. Pela primeira vez na história teremos uma dupla de reitores: a professora Isabela Andrade, nossa reitora nomeada e o professor Paulo Ferreira Jr, nosso reitor eleito. Ambos trabalharão lado a lado, num modelo de gestão participativa, que servirá como um contra-ataque, uma resposta à decisão autoritária do presidente da república de não nomear o primeiro colocado na lista enviada ao Ministério da Educação”.

 

A reitora nomeada Isabela Andrade destacou na transmissão, “não era minha intenção assumir a Reitoria e lamento a não nomeação do Paulo. Assumo este ônus, com a certeza de que somos um grupo, um só programa. Eu e o Paulo, juntos, reitora nomeada e reitor eleito, assumimos em nome da UFPEL”.

 

 

Com informações da Assessoria de Imprensa da UFPEL

 

Saiba mais (clique na chamada abaixo)Bolsonaro desrespeita decisão acadêmica e nomeia a candidata menos votada para reitoria da UFPEL

 

 

  • Compartilhe