Publicidade

UFRGS realiza pesquisa com mulheres na faixa dos 40 aos 70 anos na pandemia

  • em


 

O estudo chamado “Impacto da nova pandemia do coronavírus sobre a saúde em mulheres climatéricas”, quer acompanhar mulheres na faixa etária dos 40 aos 70 anos. A pesquisa vai conhecer como está a saúde das mulheres nesses períodos da vida, a partir dos dados sociodemográficos, ocupação/trabalho, atividades realizadas em casa, hábitos, cuidados com a saúde, e a presença ou não de sintomas como calorões e suores noturnos.  A pesquisa é do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e do Serviço de Ginecologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), coordenado pela professora Maria Celeste Wender.

 

Para participar é preciso responder ao questionário neste endereço:  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeUmYLQegPvvJ-aZnbQtkhciJ2tgdA5mjJLibRC82oXfaqDSg/viewform 

 

Ou use o QR Code disponível na imagem divulgada neste texto.

 

O climatério é considerado como o período de transição em que a mulher passa da fase reprodutiva para a etapa de pós-menopausa. Dessa forma,  a menopausa (última menstruação) ocorre durante o climatério. Nesse período, diminuem as funções ovarianas, com a ocorrência de ciclos menstruais irregulares, até cessarem por completo, segundo informações do Ministério da Saúde.

 

Com informações da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *