Publicidade

TSE abre investigação contra Bolsonaro por abuso de poder político

  • em



Investigadores apuram atos de campanha de bolsonaristas no Planalto e no Palácio da Alvorada

 

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Benedito Gonçalves abriu nesta quinta-feira (19) mais uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije) contra Jair Bolsonaro (PL). A Corte já soma 16 ações para investigar o ex-ocupante do Planalto. Nem todas foram abertas, de acordo com o portal G1.

 

O procedimento aberto apura eventual abuso de poder político e econômico. Bolsonaro pode ficar inelegível.

 

Na ação, a coligação do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), autora do pedido, reforçou que bolsonaristas fizeram atos de campanha no Palácio do Planalto e do Palácio da Alvorada.

 

Segundo a coligação, ao utilizar os palácios como “palco de encontro” com governadores, deputados federais e celebridades, o ex-chefe do Executivo federal desvirtuou a finalidade dos bens públicos com o objetivo de alavancar a sua candidatura.

 

O Planalto é onde fica o gabinete da Presidência da República. A Alvorada é a residência oficial de um presidente.

 

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *