Publicidade

Técnica de enfermagem de Novo Hamburgo é a terceira morte de profissional de saúde por Covid-19 no RS

  • em


A morte da técnica em enfermagem, Mariceni da Silva, 51 anos, trabalhadora da Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo (FSNH), por Covid-19, foi confirmada em comunicado da nesta segunda-feira, 06 de julho. Ela atuava no Hospital Municipal de Novo Hamburgo, e contraiu o coronavírus no local de trabalho, não foi divulgado se ela possuía quadro de doenças pré-existentes. Estava internada desde o dia 20 de junho no Hospital Municipal. O presidente da FSNH, Ráfaga Fontoura, afirma na nota que a instituição “se solidariza com a família e amigos. e como todos colegas está consternada com o falecimento”.

 

 

O Conselho Regional de Enfermagem no Rio Grande do Sul (Coren-RS) divulgou um comunicado no mesmo dia, lamentando a morte da terceira profissional de saúde no Estado por Covid-19. Acrescenta no documento, “o Coren-RS reforça a necessidade de ações cada vez mais efetivas no combate à doença tanto para profissionais quanto para a população”, Ressalta ainda que “gestores de hospitais e demais instituições tomem medidas relacionadas a trabalhadoras(es), como a disponibilidade de EPIS e o afastamento de colegas que estão no grupo de risco, sendo realocadas em áreas não expostas”.

 

O maior do estado, o Grupo Hospitalar Conceição (GHC), com mais de nove mil profissionais, teve 1.094 casos de afastamento em diversas áreas por suspeitas de contaminação, destes 288 deram positivo para o coronavírus e 852 já retornaram ao trabalho. No Hospital de Clínicas, são mais de 10 mil trabalhadores entre profissionais, professores e alunos, houve 1.886 afastamentos por apresentarem sintomas. Desses, 282 testaram positivo ou aguardam resultado. O Conselho Estadual de Saúde recomendou a testagem de todos os profissionais de saúde do Rio Grande do Sul, em plenária realizada no dia 18 de junho. Além de Mariceni da Silva, segundo o Sindisaúde-RS no início de junho, mais dois profissionais de saúde morreram por Covid-19, o técnico de enfermagem Abel da Cruz Neto, 61 anos do Grupo Hospitalar Conceição (GHC), e no mês de abril, a técnica de enfermagem, Mara Rúbia Cáceres, 44 anos também do GHC.

  • Compartilhe