Publicidade

SLU orienta como manusear resíduos de contaminados até o descarte

  • em


Serviço de Limpeza Urbana (SLU) elaborou orientações sobre os cuidados necessários com o lixo domiciliar de pessoas contaminadas por Covid-19. O órgão faz instruções de manejo dos resíduos contaminantes em residências onde há alguém infectado. Além disso, o órgão produziu boletim informativo sobre o assunto, que será distribuído pelas empresas prestadoras de serviços de limpeza.

 

A diretora de Limpeza Urbana do SLU, Eliana Filomena, afirma que as ações contribuem para a proteção não só dos garis, mas também do restante da população.

 

“Se as pessoas acondicionam os resíduos com mais cuidado e segurança, nós minimizamos o risco de contaminação e protegemos, principalmente, os garis que fazem a coleta. Nesse período de pandemia, que é desafiador para todos, a gestão dos resíduos tem que ser feita de forma adequada, para que não impacte na propagação do vírus”, ressalta.

 

Confira as orientações:

 

→ Utilizar máscaras e luvas quando se aproximar do doente;

 

→ Utilizar uma lixeira com tampa hermética e exclusiva para o acondicionamento de todo resíduo utilizado pela pessoa contaminada, bem como pelas pessoas que estiverem em contato direto com ela;

 

→ Sempre que abrir a lixeira, usar um spray com 50 mililitros de água sanitária diluída (cinco colheres de sopa) em um litro de água para borrifar o conteúdo do saco;

 

→ Ao fechar o saco, borrifar mais uma vez no interior com a solução, lacrá-lo muito bem e borrifar todo o seu exterior com a solução, principalmente na boca do saco plástico;

 

→ Utilizar dois sacos de lixo, depois lacrar e borrifar o exterior do segundo saco;

 

→ Colar um aviso no saco dizendo que é LIXO CONTAMINANTE E QUE FOI DESINFECTADO COM ÁGUA SANITÁRIA;

 

→ Deixar o saco em local ventilado e o mais distante possível da área de circulação, até a hora da entrega para coleta do SLU.

  • Compartilhe