Publicidade

SindBancários lança projeto de nova sede no Centro Histórico de Porto Alegre

  • em



Objetivo é oferecer mais espaços, serviços e ambientes de convívio para a categoria de trabalhadores

 

 

Um prédio que pode ter até 6 andares e mais de 3.800m² de área construída, mezanino, ponto comercial de calçada, estacionamento, auditórios, espaços culturais, esportivos, de formação e terraço com vista para o Guaíba. Este é o projeto da nova sede que o SindBancários vem desenvolvendo e que foi divulgado no último sábado (21), durante o festival em comemoração aos 90 anos da entidade.

 

 

As festividades aconteceram justamente no endereço que abrigará essa futura extensão da Casa dos Bancários, na Richuelo, 661, no Centro Histórico da Capital. O objetivo é o de oferecer mais espaços, serviços e ambientes de convívio para a categoria, como explica o presidente da entidade, Luciano Fetzner.

 

 

“Trata-se de mais um projeto audacioso, que vem coroar o conjunto de iniciativas de revitalização da casa dos bancários neste ano do nonagésimo aniversário do sindicato, como os novos departamentos de Saúde e Jurídico, além da criação de um estúdio e o retorno do pleno funcionamento da biblioteca e do cinema”, explicou o dirigente sindical.

 

 

Ao longo de suas nove décadas de existência, o SindBancários chegou a ter três sedes simultâneas no Centro de Porto Alegre. Na época em que ocorreu a venda das salas que o sindicato possuía na Galeria Malcom e no edifício Cacique, os associados autorizaram a destinação do valor obtido nas transações imobiliárias para a construção de um novo patrimônio para bancários e bancárias.

 

 

“A pandemia adiou todo este processo que estávamos conduzindo. Agora, nos 90 anos do nosso Sindicato, retomamos este sonho e vamos realizá-lo o mais rápido possível”, finalizou Fetzner.

 

 

A iniciativa é assinada pelos escritórios Pulso Arquitetura e Sousa Guerra Arquitetura. Ainda não há previsão para o início das obras, pois a viabilização do projeto arquitetônico depende da análise e aprovação da prefeitura municipal, um trâmite burocrático que pode levar até 10 meses para ser concretizado.

 

 

O local é fácil de ser identificado por quem passa pela rua Riachuelo, o muro da fachada da futura sede bancária conta com um mural produzido pelo grafiteiro e artista plástico Felipe Reis, conhecido por seus trabalhos em bares e restaurantes das zonas boêmias da cidade.

 

 

(*) Com informações da assessoria de imprensa SindBancários. Fotos: Divulgação




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *