Publicidade

Sérgio Moro deve depor na CPI das Fake News

  • em


Os deputados Túlio Gadêlha (PDT-PE) e Marcelo Freixo (PSOL-RJ) convocaram o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, para prestar depoimento como testemunha à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News. O presidente da CPMI, senador Angelo Coronel (PSD-BA), também apresentou requerimento de convocação de Moro.

 

A convocação ocorreu depois que Moro pediu demissão do governo e acusou o presidente Jair Bolsonaro de tentar interferir na Polícia Federal. O ex-ministro será ouvido em audiência por videoconferência, que ainda precisa ser confirmada pelo colegiado da Comissão.

 

A CPMI das Fake News foi criada com o intuito de investigar ataques cibernéticos que promovem desinformação, atacam reputações e atentam contra a democracia. Alvo de investigação, o “gabinete do ódio” é um grupo que usaria as dependências do Palácio do Planalto para promover campanhas virtuais contra adversários do governo.

 

 

  • Compartilhe