Publicidade

Senador Rogério Carvalho repudia tentativa de intimidação das Forças Armadas

  • em



Após o Ministério da Defesa e Forças Armadas do Brasil (FA) publicarem uma nota oficial, na noite desta quarta-feira, 7, na tentativa de intimidar o presidente da CPI da Covid-19, o senador Omar Aziz (PSD-AM), ao acusarem de agir de “forma vil e leviana” contra a atuação militar, o senador Rogério Carvalho (PT-SE) saiu em defesa do seu colega de congresso e repudiou ação da FA.

 

 

Em discurso no plenário do Senado, Carvalho acompanhou a declaração de Aziz de que a manifestação das Forças Armadas foi uma tentativa de intimidação. “O papel das Forças Armadas é de defesa da sociedade e das instituições. Somos parte dessas instituições, portanto, eu vejo que a manifestação é um ataque à institucionalidade democrática”, declarou o senador petista.

 

 

Ainda para Rogério, a nota dos militares não vai intimidar o poder Legislativo. “O Exército Brasileiro não existe para assumir lado político e sim para defender a sociedade e o estado democrático de direito”, afirmou o senador sergipano.

 

 

Aziz foi claro e objetivo no seu discurso ao dizer que os “bons” das Forças Armadas deviam estar “muito envergonhadas” de ter seus membros envolvidos em esquemas de corrupção, de tal modo que o senador amazonense não desrespeitou as corporações e não generalizou as Forças Armadas como um todo de serem corruptas.

 

 

“Você foi sargento da Aeronáutica? Conhece o coronel Guerra? Olha, eu vou dizer uma coisa, as Forças Armadas… os bons das Forças Armadas devem estar muito envergonhados com algumas pessoas que hoje estão na mídia, porque fazia muito tempo, fazia muitos anos que o Brasil não via membros do lado podre das Forças Armadas envolvidos com falcatrua dentro do governo, fazia muitos anos”, declarou Aziz na CPI.

 

 

O que a CPI da COVID investiga?

 

 

Instalada pelo Senado Federal em 27 de abril de 2021, após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), a CPI da COVID trabalha para apurar possíveis falhas e omissões na atuação do governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus. O repasse de recursos a estados e municípios também foi incluído na CPI e está na mira dos parlamentares. O presidente do colegiado é Omar Aziz e o alagoano Renan Calheiros (MDB) é o relator.

 

 

Com informações da Assessoria de Rogério Carvalho

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *