Publicidade

RS: Mais de 285 mil estudantes ainda não acessaram a plataforma educacional definida pelo Estado

  • em


Mais de 285 mil estudantes da rede de ensino público do Rio Grande do Sul ainda não realizaram o primeiro acesso na plataforma Google ClassRoom, definida pelo governo estadual, desde a retomada das aulas no início de junho.

 

Os dados são da GetEdu, parceira oficial do Google no Brasil, publicados em nota do CPERS Sindicato, no dia 7 de julho. “O auxílio prometido pelo Executivo e Assembleia Legislativa para estudantes e educadores(as) arcarem com a Internet ainda não se concretizou”, prossegue a nota da entidade. Sobre a aquisição de equipamentos, o CPERS-Sindicato ressalta que “permanece no reino platônico das ideias”. A plataforma registra a adesão de quase 95% de educadores.

 

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul (SEDUC), por meio das 30 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) realizou durante todo o mês de junho, o mapeamento dos estudantes que não possuem acesso à internet.

 

A internet será disponibilizada pela SEDUC no celular, para conteúdos educacionais destinado aos alunos e professores que não possuem acesso. Porém, o processo ainda está em fase de tramitação e ajuste orçamentário entre a Secretaria de Educação, da Fazenda e Assembleia Legislativa.

  • Compartilhe