Publicidade

“Romance Policial” – A obra já soma 100 mil leituras na Internet

  • em



Van Amorim é escritor, romancista, professor, colunista e roteirista. Formado em Letras Vernáculas (Literatura Brasileira) na Universidade Salvador (UNIFACS), com Segunda Licenciatura em Letras-Libras (UNIASSELVI)

 

Foto: Divulgação arquivo pess
Foto: Divulgação arquivo pess

A história de um menino que inicia aos 14 anos, sequestrado, o escritor viveu esse triste episódio junto a mais dois colegas no Tanque do Coronel, bairro de Simões Filho, cidade da região metropolitana de Salvador. Em uma linda manhã de primavera, (9 de junho de 2008), quando foram colher frutas próximo a uma fazenda, acompanhado de uma menina de 22 anos e um rapaz de 20.

 

Lá encontraram três bandidos armados, que além de amarrá-los e torturá-los, resolvem estuprá-la e raptá-la por horas. O crime chocou a população local e despertou o interesse da polícia para as buscas e investigações. Van passava pelo primeiro processo de transição na época e decidiu narrar tudo que viveu no livro “O Código da Sabedoria” como um menino gay, com o intuito de abrir o debate para a visibilidade transgênero.

 

Colunista em alguns sites da capital e interior da Bahia, o escritor escreve matérias gerais como forma de protesto, pois o trauma fez com que ele desenvolvesse síndrome do pânico, um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises inesperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça, mesmo que não haja motivo algum para isso ou sinais de perigo iminente.

 

O jovem escritor, atualmente faz acompanhamento psicológico para seguir, encarando a realidade de um homem gay, dos crimes e dos perigos da vida em sociedade.

 

O escritor e roteirista baiano Van Amorim, de 30 anos, nasceu em Salvador sendo criado no bairro de Cajazeiras, em Águas Claras, onde venceu um campeonato de poema aos 10 anos, na Escola Municipal Dra. Maria do Carmo Vilaça. Depois do sequestro, torturado e violentado aos 14 anos, não para mais de escrever e sonha em ser escritor famoso.

 

No seu segundo livro, “O Eclipse, Vol I” que sua história se passa na Bahia, explorando os principais pontos turísticos de Salvador, como: Pelourinho, Mercado Modelo, Elevador Lacerda, Farol da Barra, Humaitá, Senhor do Bonfim e entre outros cartões postais da cidade. A obra traz uma verdadeira valorização do estado da Bahia e mostra uma Salvador nunca vista.

 

Van que sonha em ver a sua série adaptada na plataforma de streaming e espera uma proposta ansiosamente. A versão física de “O Eclipse, Vol I”, foi lançado no domingo (27 de novembro de 2022), Livraria Leitura do Salvador Shopping, capital baiana. Na sessão de autógrafos, autora, Van se fez presente mulher trans e, após o lançamento, decidiu não seguir com a transição, depois de 3 anos de tratamento psicológico e endócrino.

 

Há 1 ano, Van parou de tomar hormônios e foi se sentindo cada vez mais confortável com o seu próprio corpo, retomando lentamente sua identidade masculina e abandonando as consultas.

 

— “Foi muito estranho. O último dia em que me senti mulher. Eu não conseguia mais enxergar ela no futuro. Tudo desapareceu misteriosamente da minha mente. Parece que Luna tomou conta da minha vida durante esses 4 anos. Foi um prazer recebê-la aqui e revirar tudo. Chegar ao ápice da minha carreira através dessa mulher. Tudo que construí partiu dela e conseguimos dar visibilidade às pessoas trans, mostrar que com muita luta é possível ingressar na universidade e fazer história sendo mulher, preta e periférica neste país. Me orgulho muito dela ter fechado esse capítulo da minha vida com chave de ouro. Autografar os livros dos fãs que não acreditaram estar diante das protagonistas Vick e Luna, foi inenarrável.” — Descontraído, relata.

 

Ao portal G1, o escritor falou sobre o que te inspirou a escrever uma série de TV nas ruas de Salvador: — “Eu só escrevo histórias que se passam no meu estado, na minha cidade, nas ruas em que vivi. Então, por ser apaixonado por Salvador e por ter esse sonho de me tornar escritor do estado desde criança, eu não consigo e nem quero me desvencilhar disso. Dedicarei toda a minha vida ao povo baiano”. https://g1.globo.com/google/amp/ba/bahia/noticia/2022/11/27/escritora-baiana-trans-divulga-livro-de-romance-policial-em-salvador-obra-ja-soma-100-mil-leituras-online.ghtml

 

O livro chegou ao Brasil no formato físico através da editora portuguesa Chiado. O escritor, que tinha na agenda uma sessão de autógrafos no dia 28 de janeiro, em Lisboa e passaria por mais 7 países da língua portuguesa, foi suspensa devida à falta de emissão de Passaporte no Brasil.

 

A obra com 50 capítulos e 570 páginas conta a vida de uma jovem romântica e sonhadora que sai da pequena cidade de Varzedo-BA para a capital com o sonho de se tornar modelo internacional. Luna se apaixona por Apolo Jacquin, um misterioso “médico” suíço, enfrentando crise no casamento. Ela vive perigosamente um triângulo amoroso e se depara com a maior dor de sua vida, o assassinato do ambientalista José Colosso, seu pai, executado e encontrado morto ao lado do corpo do seu ex-namorado, na Ilha de Itaparica, em circunstâncias misteriosas.

 

O crime choca a população local e desperta o interesse da polícia para as buscas e investigações, tendo Cora Mitchell, Perita Criminal do Departamento de Polícia Técnica da Bahia e sua rival, à frente do caso. Uma mulher fatal, capaz de tudo para conseguir o que quer, usando sua beleza como maior aliada.

 

O Livro, físico, pode ser encontrado em livrarias como a Cultura, Leitura, Saraiva, Livraria Atlântico, Martind Fontes e Travessa, ao preço de R$ 46 reais a unidade e também pode ser lido no e-book, nos sites das livrarias por R$ 20 reais.
e-book: https://www.livrariaatlantico.com.br/pd-8215ec-o-eclipse-apaixonada-pelo-doutor-vol-i-van-amorim.html?p=1&s=1

 

(*) Por Fábio Costa Pinto, jornalista baiano, conselheiro e membro da Associação Brasileira de Imprensa — ABI.

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Um comentário

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *