Publicidade

Robôs bolsonaristas aumentam 3.441% em março; Humberto Costa pede investigação

  • em



“Há evidente afronta aos princípios da moralidade, da legalidade e da publicidade. O MP tem de avaliar a prática de crimes de peculato e improbidade administrativa”, diz o senador

 

 

O avanço intenso da pandemia do coronavírus no Brasil todo tem sido uma das principais razões para a queda de popularidade de Jair Bolsonaro, conforme indicam várias pesquisas. No entanto, em meio à tragédia registrada no país, cresceu a quantidade de interações no Twitter de perfis considerados não autênticos favoráveis ao presidente, de acordo com reportagem de Ingrid Soares e Augusto Fernandes, no Correio Braziliense.

 

 

 

Conforme levantamento do jornal, baseado em números da plataforma Bot Sentinel, que analisa publicações feitas na rede social por robôs, o número de postagens com hashtags de apoio a Bolsonaro saltaram vertiginosamente, entre fevereiro e março.

 

 

 

Há dois meses, a ferramenta mapeou 1.392 posts produzidos por bots bolsonaristas. Já no mês passado foram contabilizados, no mínimo, 49.302. O número representa crescimento de 3.441%.

 

 

 

O fato provocou reação imediata do senador Humberto Costa (PT-PE). Em suas redes sociais, o parlamentar classificou a ação dos robôs bolsonaristas como “peculato e improbidade administrativa”.

 

 

“Encaminhei um pedido ao Ministério Público (MP) junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) para que abra uma investigação a fim de apurar se as impulsões por robôs e as hashtags e mensagens diversas favoráveis ao presidente da República, inclusive com propagandas de reeleição, são financiadas com quaisquer recursos da esfera federal, direta ou indiretamente”, diz Costa.

 

 

 

“Há evidente afronta aos princípios da moralidade, da legalidade e da publicidade. O MP tem de avaliar a prática de crimes de peculato e improbidade administrativa”, acrescenta.

 

 

 

Entre as publicações dos robôs, estão hashtags que enaltecem o trabalho de Bolsonaro. Houve, por exemplo, mais de 15,2 mil publicações com #opovoestacombolsonaro, #bolsonaroheroidobrasil, #contecomigobolsonaro, #bolsonarotemrazao e #vaipracimapresidente.

 

 

 

Reeleição

 

 

 

Além disso, foram muito frequentes posts pedindo que Bolsonaro seja reeleito em 2022. Tags como #bolsonaro2022, #bolsonaroate2026, #bolsonaropresidenteate2026 e outras semelhantes apareceram em mais de 8 mil postagens.

 

 

 

Os dias em que as publicações surgiram com mais frequência foram no aniversário do presidente, em 21 de março, e na data que marca o Golpe Militar de 1964, em 31 de março.

 

 

 

Em ambos os dias foram quase 14,1 mil posts de robôs. As principais hashtags foram #happybirthdaybolsonaro, #parabenspresidente, #deusabencoebolsonaro, #felizaniversariobolsonaro, #viva31demarço, #viva1964 e #viva31demarçovivaobrasil.

 

 

 

Reproduzido da Revista Fórum

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *