Publicidade

RN é o terceiro estado no Brasil que mais vacina crianças contra a Covid-19

  • em



No ranking de vacinação de crianças de 5 a 11 anos, o Rio Grande do Norte é o terceiro estado, ficando atrás apenas de São Paulo e Distrito Federal

 

 

Com o início da chegada das vacinas pediátrias da Pfizer no dia 14 de janeiro, a campanha de imunização das crianças entre 5 a 11 anos completa hoje (15) um mês da primeira aplicação.

 

 

A primeira criança a receber a dose da vacina pediátrica da Pfizer foi do município de São Gonçalo do Amarante e contou com a presença da governadora Fátima Bezerra.

 

 

Até o momento já foram distribuídas 335 mil doses, sendo 110 mil da Coronavac e o restante da Pfizer pediátrica, o suficiente para iniciar o esquema vacinal de todas as crianças nessa faixa etária, que tem como público alvo o total de 335.093 crianças. Até o hoje o RN vacinou 118.081 crianças, o que representa 35% desta população. A meta é chegar a 95%.

 

 

O Rio Grande do Norte é hoje o terceiro no país no ranking da vacinação de crianças (de acordo com dados fornecidos pelo Ministério da Saúde), ficando em primeiro o Estado de São Paulo e em segundo lugar o Distrito Federal.

 

 

Segundo Kelly Lima, coordenadora de Vigilância em Saúde do governo do Estado “mesmo o RN ser o terceiro estado que mais vacina no Brasil, temos um número alto de crianças que precisam iniciar o esquema vacinal”.

 

 

A coordenadora reforça que “são mais de 200 mil crianças que necessitam ser vacinadas. Recebemos e distribuímos mais de 335 mil doses, o que corresponde ao número total de crianças e a meta é que em meados do mês de março possamos alcançar 95% deste público. Precisamos pensar na proteção das crianças, principalmente neste momento de retorno às escolas de forma presencial”.

 

 

Distribuição de Doses

 

 

Na tarde desta terça-feira (15), a Sesap distribuirá 137.060 doses, às 13h na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (UNICAT). Serão 19.900 da Pfizer Pediátrica para todos os municípios, destinadas ao esquema primário (D1) para crianças entre 5 a 11 anos.

 

 

Além disso, Serão 80.250 doses de Astrazeneca para reforço (D3) para população acima de 18 anos, 24.252 doses da Pfizer para esquema vacinal primário (D2) para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos.  882 doses da Pfizer para esquema vacinal de D2 e D3. 9. 505 de Astrazeneca, 480 doses da Janssen para dose de reforço do município de Ipanguaçu. 1.800 doses de Coronavac solicitadas para D1, D2 e D3 para os munípios de Santa Cruz e São Pedro.

 

 

 

A logística para a operação da vacina nas crianças será a mesma mantida pela Sesap, em parceria com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), desde o início da campanha, há cerca de um ano, com a distribuição das doses em menos de 24h após a chegada do carregamento ao estado.

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.

 

 

Você pode nos ajudar aqui:

 

 

Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

 

 

BRB

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

 

 

→  PIX:23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

 

 

📷 Instagram

🎞️YouTube

📱Facebook  

💻Site

 

 

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

 

 

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *