Publicidade

Rede de solidariedade em Brasília está mobilizada para ajudar famílias em Petrópolis

  • em



As chuvas continuam castigando boa parte do País. Petrópolis (RJ) teve a pior chuva das últimas décadas, nesta terça-feira (15). O volume de água em duas horas foi tão grande que arrastou carros e até ônibus pelas ruas da cidade. O cenário é desolador. Destroços, lama, carros empilhados e inúmeros veículos submersos em rios. O número de mortos e desaparecidos passa de 230 e outras centenas de pessoas estão desabrigadas.

 

 

Gente que perdeu tudo. De familiares a objetos materiais adquiridos ao longo da vida. Boa parte de Petrópolis continua sem luz e a população já sofre os efeitos do desabastecimento de água, alimentos e materiais de higiene. Por outro lado, a solidariedade dos brasileiros durante essas catástrofes tem contribuído para amenizar a dor e o sofrimento de inúmeras famílias desabrigadas.

 

 

“As famílias desabrigadas em Petrópolis contam com a solidariedade de todos os brasileiros nesse momento tão difícil. Mesmo doando pouco, acaba ajudando muito quem está precisando”, destaca o presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional no DF e Coordenador do Comitê DF e GO da Ação da Cidadania Contra a Fome a Miséria e pela Vida, José Ivan Maia de Aquino.

 

 

Brasília conta com uma rede de apoio para receber doações. O SOS Enchentes, ligado à Ação da Cidadania, movimento iniciado em 1993 pelo Herbert de Souza, o Betinho, é uma delas. Quem quiser ajudar pode contribuir de forma colaborativa na distribuição de mantimentos ou montando postos de arrecadação no trabalho, residência, igrejas, clubes, entre outros.

 

 

Como a Ação da Cidadania não tem sede em Brasília, os donativos são arrecadados na Rodoviária, no Centro Público e Popular de Economia Solidária, que fica próximo ao Conjunto Nacional e também na Cáritas. Doações também podem ser feitas pelo site www.acaodacidadania.org.br .

 

Este ano, o Comitê DF e GO da Ação da Cidadania Contra a Fome a Miséria e pela Vida já ajudou famílias em comunidades de Goiás, Minas Gerais e Bahia com cerca de 20 toneladas de alimentos que vieram do Comitê Rio. Entre as ações desenvolvidas no DF estão o Natal sem Fome e Ação Contra o Coronavírus.

 

 

Aquino, que organiza o movimento no DF de modo voluntário, destaca que o momento agora é ajudar as famílias de Petrópolis. “Ações e contribuições solidárias neste momento fazem toda a diferença pra quem perdeu tudo. Gestos de solidariedade são bons pra quem faz e muito melhor para quem recebe”, ressalta.

 

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.

 

 

Você pode nos ajudar aqui:

 

 

Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

 

 

BRB

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

 

 

→  PIX:23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

 

 

📷 Instagram

🎞️YouTube

📱Facebook  

💻Site

 

 

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

 

 

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *