Publicidade

Professor Silvano diz que, se eleito prefeito de Valparaíso de Goiás, vai “cuidar das pessoas, com políticas públicas que melhorem sua qualidade de vida”

  • em


O professor da rede pública de ensino do Estado de Goiás, Silvano Pereira Neto, de 47 anos, disputa nas eleições municipais deste ano, a prefeitura de Valparaíso de Goiás, cidade da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE), que serve de polo entre Goiás e o DF, e tem 200 mil habitantes.

 

Professor Silvano, como é conhecido, encabeça, pelo PT, a coligação “Para Cuidar das Pessoas”, que tem como candidata a vice-prefeita, a jovem Sara Damas, do Psol. A dupla reconhece o cenário de crises – econômica, política, social, fiscal, ambiental e sanitária – sem precedentes, em que concorre as eleições municipais deste ano. Mas, otimista, Silvano acredita que sua chapa poderá resgatar a esperança das pessoas em dias melhores.

 

Assim, ele faz ressoar o slogan de sua campanha, dizendo que é candidato porque quer “cuidar das pessoas, criando políticas públicas que melhorem a qualidade de vida de todo cidadão e cidadã valparaisenses”, como afirma.

 

Natural do Gama, no DF, o ex militante estudantil tem atuação política marcante em Valparaíso: há 13 anos seguidos, ocupa vaga de vereador na Câmara Municipal da cidade e foi secretário de Educação, no mandato da ex-prefeita, Lucimar Nascimento, do PT. Ao Jornal Brasil Popular (JBP), concedeu a entrevista, que segue, realizada por meio digital, devido à pandemia do Corona Vírus (Covid-19).

 

JBP – Que argumentos você apresenta ao eleitorado de Valparaíso de Goiás, para ganhar as eleições e administrar o município, com propostas inclusivas, igualitárias, humanistas, ambientalistas e democráticas, exatamente nesse momento de tanta desesperança, descrença e propagação de ódio a quem defende este tipo de ideias?

 

Prof. Silvano: As pessoas de Valparaíso sempre acompanharam o meu trabalho durante os meus quatro mandatos de vereador, de secretário de Educação e o meu projeto “Gabinete na Rua”, e isso será fundamental para a nossa vitória dia 15 de novembro. Também vou implantar o “Orçamento participativo”, por meio do qual as pessoas irão decidir como e onde deverão ser aplicados os recursos destinados ao seu bairro. Criarei, ainda, o “Prefeito nas Ruas”, nos mesmos moldes do “Gabinete na Rua”, do meu mandato de vereador, e lutarei pela integração do transporte público de Valparaíso com o Distrito Federal.

 

JBP – Com uma candidatura que tem como slogan “A COLIGAÇÃO PARA CUIDAR DAS PESSOAS”, você oferece um Programa de Governo que tem foco em uma gestão protetiva, voltada a “olhar no presente, mas projetando ações para o seu futuro”. Como será sua gestão?

 

Prof. Silvano: Como afirmamos em nosso slogan de campanha, o nosso governo irá cuidar das pessoas, criando políticas públicas que visam melhorar a qualidade de vida de todo cidadão e cidadã valparaisenses.

 

JBP – Situada na RIDE, Valparaíso de Goiás fica a apenas 32 quilômetros de Brasília, sede do governo federal. Se eleito, como você irá se relacionar com o governo Bolsonaro para garantir recursos federais, a serem investidos nas demandas da população, notadamente, de saúde, educação, moradia, segurança pública, segurança alimentar, agricultura, cultura, esporte e lazer?

 

Prof. Silvano: Irei manter uma relação republicana com os governos de Goiás e do DF e também com o Governo Federal, buscando recursos para garantir as obras necessárias para melhorar a vida da nossa comunidade.

 

JBP – Que propostas você tem para apresentar às centenas trabalhadores e trabalhadoras residentes em Valparaíso de Goiás, que estão sofrendo as consequências da crise econômica, com o desemprego nas alturas?

 

Prof. Silvano: Trabalhar em parceria com as três cidades próximas a Valparaíso, que são Luziânia, Cidade Ocidental e Novo Gama, como também com a iniciativa privada, buscando a geração de emprego e renda.

 

 

JBP – O seu partido, PT, já administrou o país, o DF e o seu município. Mas, nos últimos tempos, vem enfrentando ataques e acusações; até lideranças foram presas, caso do ex-presidente Lula. Como você avalia a recepção de seu nome pelo eleitorado de Valparaíso de Goiás?

 

Prof. Silvano: As pessoas de Valparaíso reconhecem o que realmente vem ocorrendo em nosso país, nos últimos anos, com o impeachment da presidente Dilma Rousseff, e a prisão do ex-presidente Lula, visando interferir nas eleições de candidatos do PT e isso não irá interferir no resultado das eleições aqui, Creio que também não interferirá em outras cidades do país. Boa parte da população já entendeu isso e não vai deixar de votar em mim, por causa dos ataques ao partido, pois reconhece que eu sou a melhor opção para Valparaíso, neste momento.

 

  • Compartilhe