Publicidade

Primeiro-ministro da Hungria vê fim da supremacia ocidental no conflito com a Ucrânia

  • em



O conflito na Ucrânia pode pôr fim à superioridade ocidental no mundo e a situação levará a um enfraquecimento da União Europeia enquanto outros países e regiões se fortalecem, disse o primeiro-ministro húngaro Viktor Orban.

 

 

“É bem possível que seja esta guerra que demonstrará uma demonstração de acabar com a superioridade ocidental”, disse o líder europeu.

 

Em uma entrevista com a mídia alemã Tichys Einblick, o presidente húngaro considerou que os países ocidentais não serão capazes de vencer militarmente o conflito da Ucrânia com a Rússia, enquanto suas sanções contra Moscou não o enfraqueceram de forma alguma.

 

 

Além disso, sanções econômicas contra a Rússia causaram imensos danos à EuropaOrbán estimou e identificou que o mundo não se alinhou com os interesses de Kiev e Washington.

 

 

Grande parte do mundo, por outro lado, expressou sua diferença diante do eixo ocidental, disse Orbán à mídia alemã, como China, Índia, Brasil, África do Sul, países que, juntamente com a Rússia, formam a aliança BRICS.
O mundo árabe e a África, enfatizou o primeiro-ministro húngaro, também mostraram discordância com as perspectivas ocidentais.

 

 

“Aqueles que têm suas próprias fontes de energia se beneficiam (do conflito), os russos se beneficiam, as importações da União Europeia da Rússia diminuíram em um quarto, mas Receita da Gazprom eles dobraram”, disse Orban.
“Os chineses, que anteriormente estavam à mercê dos árabes, se beneficiaram, e é claro que as grandes corporações americanas estão se beneficiando”, acrescentou, referindo-se a empresas de energia como Exxon, Chevron e ConocoPhillips, que segundo a mídia alemã viram seus lucros se multiplicarem.

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *