Publicidade

Prévia do Censo Demográfico 2022 do IBGE mostra que Brasil passa de 207,75 milhões de habitantes

  • em



Segundo estimativas, o Sudeste se manteve como a região mais populosa do país, com 87.348.223 de habitantes

 

 

O Brasil tem 207.750.291 de habitantes. É o que mostra uma estimativa da população feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), calculada já com dados prévios do Censo Demográfico 2022. Os dados foram entregues ao Tribunal de Contas da União (TCU) nesta quarta-feira (28/12). Após diversos atrasos, os números definitivos do Censo deverão ser divulgados apenas em março, segundo a previsão mais recente.

 

 

Normalmente, as estimativas são calculadas com base no Censo mais recente, utilizando modelos de crescimento populacional. Segundo a prévia de dados coletados até o dia 25 de dezembro, o Nordeste tem 55.389.382 de habitantes; a região Sul, 30.685.598; o Norte, 17.834.762 de habitantes; e a região Centro-Oeste, 16.492.326.

 

 

O número total da população brasileira ficou abaixo dos 213 milhões da estimativa de 2021. De acordo com o diretor de Pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo, a diferença é “muito comum” e já ocorreu outras vezes. “No Censo de 1980, tínhamos um ‘Maranhão’ a menos”, comentou.

 

 

A região Sudeste se manteve como a mais populosa do país, com 87.348.223 de habitantes. Em São Paulo vivem 46.024.937 de pessoas. Em Minas Gerais, vivem 20.732.660; e no Rio de Janeiro são 16.615.526.

 

 

Ainda de acordo com Azeredo, alguns dos fatores por trás da diferença entre a estimativa de 2021 e a informada nesta quarta-feira, com os dados prévios, são: eventuais problemas nos censos anteriores, mortes causadas pela pandemia da covid-19 e defasagem em relação ao Censo de 2010.

 

 

Até o dia 25 de dezembro deste ano, 83,9% da população já havia sido recenseada, somando 87,7 milhões de domicílios particulares e mais de 178 milhões de pessoas. O Censo 2022 está em campo realizando coletas desde 1º de agosto e continuará durante o mês de janeiro de 2023.

 

Disque Censo

 

 

Nos estados que fecharam a coleta, o IBGE abriu um serviço chamado Disque-censo 137 para moradores que quiserem comunicar não terem sido recenseados.

 

 

Através do serviço, os moradores podem checar se alguém do domicílio já respondeu ao Censo e, caso contrário, podem agendar uma visita do recenseador à sua casa. A ligação para o 137 — número disponibilizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) como um serviço de utilidade pública — é gratuita e pode ser feita de telefone fixo ou celular.

 

Do Correio Braziliense pela estagiária sob a supervisão de Andreia Castro

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *