Publicidade

Prefeitos gaúchos vão a São Paulo no dia 10 para informações sobre vacina do Instituto Butantan e possibilidade de compra 

  • em


Representantes da Federação das Associações Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS), prefeitos do Consórcio da Associação dos Municípios da Região Metropolitana (Granpal) e do Vale do Sinos, na quinta-feira, 10 de dezembro estarão em São Paulo para buscar acordo com o Instituto Butantan para compra da vacina Coronavac. O imunizante está sendo produzido pela instituição brasileira em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A medida vai ajudar para que o Estado não fique desamparado diante da indefinição de calendário por parte do governo federal.

 

“É um absurdo que o governo federal não tenha uma postura responsável nesse tema. Como, aliás, não teve desde o início da pandemia, e obriga os prefeitos e governadores a buscar alternativas, que é o governador de São Paulo. Imagina se a gente tem que ficar esperando um presidente que diz que não precisa vacinar. Nós temos que pressioná-lo. O governo federal precisa apresentar um calendário rápido e eficiente”, destaca o presidente da FAMURS, Maneco Hassen (PT), atual prefeito de Taquari.

 

Os prefeitos da Região Metropolitana tomaram a decisão de irem a São Paulo, depois de reunião por videoconferência no dia 4 de dezembro com o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas. Conforme explica a presidente da Granpal, a prefeita do município de Nova Santa Rita, Margarete Ferretti, o encontro serviu para se informar sobre a vacina e também para se buscar uma possibilidade de um acordo para compra conjunta, em caso de necessidade.

 

Vacina Coronavac  – Foto/Governo de São Paulo

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *