Publicidade

Porto Alegre: passado, presente e futuro!

  • em


No passado, 60 famílias açorianas ajudaram a começar nossa cidade, mas os negros foram essenciais no passado e são muito essenciais nos dias de hoje na vida de nossa cidade.

 

Porto Alegre é mais negra que açoriana.

 

Os alemães de 1850 em diante foram muito construtivos na cidade. Mas é preciso colocar seu papel no lugar que efetivamente tiveram, nem mais nem menos.

 

Aqui, até nos nomes de ruas a gente vê como os poderosos se apoderaram da cidade, em detrimento dos reais fazedores da capital.

 

Por isso, tenho lutado para recolocar a nossa História no lugar da realidade e da verdade.

 

Quando em 1970 o bonde parou, Porto Alegre começou a regredir em sua modernidade.

 

Hora de olhar para o passado para projetar um melhor futuro.

 

O foco deve ser a sustentabilidade ambiental, econômica e social.

 

Saneamento básico, com volta à reciclagem total dos resíduos, com casa, comida, escola e saúde.

 

O atual governo virou às costas ao povo e abandonou os serviços básicos.

 

Este governo mirou a Lua e chegou a Marte. É, não deu Tempo para voltar.

 

Mas não vou gastar pólvora em Chimango.

 

Vou pedir que juntos olhemos rumo ao futuro.

 

Vamos buscar um Outro Caminho. O caminho da inclusão social.

 

As pessoas tem que ter sua fome saciada, pois sem isso não há dignidade.

 

Eu vos digo que minha busca pela boa-fé, pela postura ética e com a força do Direito é construir uma nova Porto Alegre.

 

Adeli Sell é vereador em Porto Alegre.

 

  • Compartilhe