Publicidade

Entidades lançam comitê de campanha pelo plebiscito popular contra a venda do Banrisul, Corsan e Procergs

  • em



A população vai poder expressar sua opinião sobre a privatização das estatais gaúchas por meio de plebiscito popular a ser realizado no Rio Grande do Sul este ano. O comitê de campanha dessa mobilização será lançado, nesta segunda-feira (23), a partir do meio-dia, na Esquina Democrática, em Porto Alegre. Também serão realizados outros lançamento do comitê no estado. Em Pelotas, por exemplo, será na Andrade Neves com a Rua Sete de Setembro, às 12h.

 

“Como o governador encaminhou o projeto para Assembleia para não fazer o plebiscito, não ouvir a população do Rio Grande do Sul,  várias entidades tomaram a decisão de fazer um plebiscito popular. A ideia é lutar contra as privatizações, lutar para o povo ser ouvido. A gente vai trabalhar todo esse período até outubro. Ele tem o objetivo de provocar uma mobilização popular e democrática no Rio Grande do Sul. Nesse dia, vamos conversar com a população”, explica a secretária de Mobilização do Partido dos Trabalhadores (PT), Leonita de Carvalho.

 

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 280) foi aprovada em 1º de junho na Assembleia Legislativa. A proposta, de autoria do Poder Executivo, teve grande pressão da base aliada do governador Eduardo Leite (PSDB) e acabou com a obrigatoriedade de consultar a população por meio de plebiscito para a privatização do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e da Companhia de Processamento de Dados (Procergs).

 

Quando candidato, em sua campanha eleitoral, Eduardo Leite (PSDB) garantiu que manteria a Corsan e o Banrisul como empresas públicas”. Ele agiu exatamente igual ao governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), em 2018, na época da eleição: mentiu, durante a campanha eleitoral, dizendo que não iria privatizar as estatais locais e, quando foi eleito, a primeira coisa que fez foi pôr as empresas que não de propriedade deles à venda.

O Comitê do Plebiscito Popular do Rio Grande do Sul é integrado por centrais sindicais, movimentos sociais, lideranças de partidos políticos e outras entidades representativas.A votação para o plebiscito popular será no período de 16 ao dia 23 de outubro. As mobilizações poderão ser acompanhadas em https://www.facebook.com/plebiscitopopularrs

 

 

 

  • Compartilhe

Um comentário

Deixe um comentário

Deixe um comentário para Claudionir Borges da Silva Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *