Publicidade

PIB de Bolsonaro é menor do que os dos governos FHC, Lula, 1º de Dilma e Temer

  • em



Durante o governo Bolsonaro (PL), de 2019 a 2022, o PIB deve ficar em 1,5%, um dos piores dos últimos 20 anos

 

O desemprenho do PIB (Produto Interno Bruto) no terceiro trimestre deste ano é um dos piores dos últimos governos. Com crescimento de 0,4%, o aumento médio do país por ano durante o governo Jair Bolsonaro (PL), de 2019 a 2022, deve ficar em 1,5%.

 

 

Os números do atual presidente ficaram atrás dos dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso (FHC), dos dois de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e de Michel Temer (MDB). O governo de extrema-direita, superou apenas o segundo mandato de Dilma Rousseff (-3,4%), de acordo com o UOL.

 

 

 

 

O cálculo foi feito por Silvia Matos, coordenadora do Boletim Macro Ibre e pesquisadora sênior da economia aplicada do Ibre/FGV, Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas.

 

 

Com Bolsonaro e Paulo Guedes no Ministério da Economia, o PIB cresceu 1,2% em 2019, teve queda de 3,3% em 2020, recuperação de 5% em 2021, e projeção de 3% para 2022. Os números foram somados e divididos pelo número de anos do presidente no poder para chegar ao resultado.

 

 

Chico Pessoa, economista da LCA Consultores, afirma que o resultado do PIB tem decepcionado desde 2014 e que o país não conseguiu a recuperação forte esperada depois da recessão de 2015 e 2016.

 

 

Do Mídia Ninja com informações do UOL e DCM

 

 

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *