Publicidade

Petistas querem que o STF investigue Carla Zambelli por vídeo golpista

  • em



Na representação levada à presidente da corte, Rosa Weber, os parlamentares pedem que a deputada seja investigada pelos crimes de violação às instituições democráticas, ao processo eleitoral e golpe de Estado, além de ato de improbidade administrativa. Eles solicitam que a investigação acontece no âmbito criminal e civil.

 

 

No vídeo divulgado nessa quarta-feira (30), Zambelli incita generais a não reconhecerem o governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva e faz cobranças aos militares a adotarem ações golpistas: “Não é hora de responder com carta, se dizendo apartidário, é hora de se posicionar, de que lado da história vocês vão ficar?”, instiga a deputada golpista.

 

 

Vale lembrar que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) proibiu a parlamentar de criar novos perfis em redes sociais até que aconteça a diplomação de Lula. Por isso, os parlamentares também solicitam que a representação seja encaminhada ao TSE, para avaliar medidas a serem tomadas, já que o vídeo foi divulgado mesmo com as redes sociais da parlamentar bloqueadas.

 

 

Mundo paralelo

 

“A representada e os apoiadores do atual presidente vivem num mundo paralelo, numa psicose coletiva, em que negam o reconhecimento da validade do processo eleitoral e de seu resultado, flertam com a ruptura institucional a partir da defesa de um regime autoritário na condução do país, semeiam ódio e violência, vendo inimigos e comunistas em todos os cantos, numa vã esperança de que alguma divindade de outro mundo possa modificar a vontade soberana da sociedade brasileira”, afirmam os parlamentares na representação.

 

 

Violação às instituições

 

“É importante destacar que a imunidade parlamentar ou a garantia constitucional da livre manifestação do pensamento não podem servir para albergar a prática de ilícitos, mormente quando estão em jogo outros valores caros à própria Constituição da República, como a higidez do Estado Democrático de Direito”, explicam os deputados.

 

 

Reginaldo Lopes e Paulo Teixeira também requerem a identificação e responsabilização dos grupos que vêm divulgando o discurso de ódio nas redes. “Que [Ela] seja responsabilizada por suas práticas criminosas, abjetas, revanchistas e inconciliáveis com o espírito que devem nortear os cidadãos nas disputas democráticas”, apontam os deputados petistas.

 

 

Leia a íntegra da representação:

Representação Carla Zambelli – Golpismo

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

 

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *