Publicidade

Pesquisa encomendada por investidores aponta vitória de Lula em todos os cenários

  • em



Levantamento da consultoria Quaest feita para a Genial Investimentos mostra que, além de liderar em todos os cenários de 1ª turno, o petista venceria Bolsonaro com mais de 20 pontos de diferença em ume eventual segundo turno

 

Pesquisa feita pela Quaest Consultoria, encomendada pela Genial Investimentos, confirma o favoritismo do ex-presidente Lula (PT) para vencer a eleição à presidência em 2022. Trechos do levantamento foram divulgados nesta terça-feira (5) e o estudo completo será disponibilizado na quarta-feira (6).

 

Segundo a pesquisa, Lula lidera em todos os cenários estimulados de primeiro turno, com índices de intenção de voto que variam entre 43% e 46%. Jair Bolsonaro (sem partido), que em todas as simulações figura em segundo lugar, soma intenções de voto que variam entre 24% e 27%. Já Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado, fica entre 10% e 12% de intenções de voto.

 

O estudo contou, pela primeira vez, com uma simulação envolvendo uma virtual candidatura de Luiza Trajano, da rede Magazine Luiza, que tem sido cotada para ser vice em uma chapa liderada por Lula. A empresária, que nega as especulações, desponta com 4% das intenções de voto.

 

Confira os cenários de primeiro turno.

Reprodução/Quaest Consultoria

O levantamento também mediu as intenções de voto através de pesquisa espontânea, isto é, quando o nome dos candidatos não são citados. Neste cenário, os indecisos representam 53% dos entrevistados. Lula, por sua vez, foi citado por 22% dos eleitores, enquanto Bolsonaro registrou 17% de citações.

 

Confira.

Reprodução/Quaest Consultoria

Segundo turno

A pesquisa aponta também que, se as eleições fossem hoje, Lula venceria com tranquilidade todos os eventuais oponentes em um segundo turno. Contra Jair Bolsonaro, o petista teria vantagem de 24 pontos, somando 53% das intenções de voto, contra 29% do atual presidente.

Confira todos os cenários.

Reprodução/Quaest Consultoria

 

 

(*) Por Ivan Longo, Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo

Da Revista Fórum

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *