Publicidade

Patriarcalismo

  • em


Estaríamos no limiar de uma nova Era?

 

Seria um tempo de renovação?

 

Estaria desaparecendo a sociedade patriarcal e em seu seio as mulheres estariam conquistando igualdade real?

 

Com o episódio do famigerado “estupro culposo”, a supremacia do macho escroto apareceu na sua versão mais asquerosa.

 

Mas, por outro lado temos a graça da Malalas.

 

De um lado temos a boiada do Sales, mas temos muitas Gretas.

 

Temos no Senado aqui grileiros e donos do poder; já na Bolívia temos 20 senadoras.

 

Temos advogados que a OAB tem dever de causar e advogadas das causas femininas que merecem diplomas de Honra ao Mérito.

 

Líderes homens se perpetuam nas entidades de classe e sindicatos, enquanto uma legião de mulheres se organiza por fora e grita por direitos.

 

Quando olhava para minha sala de aula da Faculdade de Direito via mais mulheres que homens.

 

Via negras. Sabia que havia FIES, por isso estavam ali, eram pobres.

 

Vejo que a voz feminina se levanta pelas esquinas. Será que terão energia de falar e ser escutadas ao longe?

 

O patriarcado não está morto. Sofre de senilidade. A força das mulheres começa a se impor.

 

A maioria feminina dá passos. Que sejam largos para alcançar os homens em direitos reais.

 

Adeli Sell é vereador em Porto Alegre

 

  • Compartilhe