Publicidade

Partidos de esquerda disputam 2º turno em 26 cidades

  • em



Está previsto para acontecer no próximo dia 29, o segundo turno das eleições municipais deste ano. A população da grande maioria das 5.570 cidades brasileiras já elegeu, em primeiro turno, quem vai administrar cada município nos próximos 4 anos. No entanto, 57 municípios – que possuem mais de 200 mil habitantes – ainda vão eleger o prefeito ou prefeita.

 

Dessas 57 cidades que haverá 2º turno, 26 podem ser administradas por partidos de esquerda. Nesses 26 municípios, ao menos 30 candidatos ou candidatas de partidos de esquerda estão no páreo. A diferença entre o número de cidades e postulantes ocorre porque em quatro municípios – Recife (PE), Juiz de Fora (MG), Mauá (SP) e Serra ES) – dois candidatos de esquerda disputam a vaga.

 

Dos 30 candidatos de partidos de esquerda que podem administrar essas 26 cidades, o PT lidera com 14 candidatos com chances de vencer. O PSB aparece em 2º, com oito possíveis postulantes ao cargo de prefeito. Na 3ª colocação desponta o PDT, com quatro participantes. Em seguida vem o Psol, com dois. PCdoB e Rede têm um, cada.

 

Nas capitais (exceto Macapá, que teve a eleição adiada por causa do apagão) haverá 2º turno em 18 cidades e partidos de esquerda terão candidatos concorrendo à vaga da prefeitura em metade delas, ou seja, nove localidades. O PSB lidera nas capitais com três postulantes. Em 2º aparecem o PT, Psol e PDT, todos com dois candidatos, cada. PCdoB tem apenas um.

CAPITAIS

 

Aracaju (SE): Edvaldo Nogueira (PDT – atual prefeito) e Danielle Garcia (Cidadania).

 

Belém (PA): Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Eguchi (Patriota).

 

Fortaleza (CE): Sarto Nogueira (PDT) e Capitão Wagner (Pros).

 

Maceió (AL): Alfredo Gaspar (MDB) e Jhc (PSB).

 

Porto Alegre (RS): Sebastião Melo (MDB) e Manuela d’Ávila (PCdoB).

 

Recife (PE): João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT).

 

Rio Branco (AC): Socorro Neri (PSB – atual prefeita) e Tião Bocalom (PP).

 

São Paulo (SP): Bruno Covas (PSDB – atual prefeito) e Guilherme Boulos (PSOL).

 

Vitória (ES): Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT).

 

CIDADES COM MAIS DE 200 MIL HABITANTES

 

Campos dos Goytacazes (RJ): Wladimir Garotinho (PSD – sub judice), e Caio Vianna (PDT)

 

Cariacica (ES): Euclério Sampaio (DEM) e Célia Tavares (PT).

 

Caxias do Sul (RS): Pepe Vargas (PT) e Adiló (PSDB).

 

Contagem (MG): Marília (PT) e Felipe Saliba (DEM).

 

Diadema (SP): Filippi (PT) e Taka Yamauchi (PSD).

 

Feira de Santana (BA): Zé Neto (PT) e Colbert Martins (MDB).

 

Guarulhos (SP): Guti (PSD) e Elói Pietá (PT).

 

Juiz de Fora (MG): Margarida Salomão (PT) e Wilson Rezato (PSB).

 

Mauá (SP): Átila Jacomussi (PSB) e Marcelo Oliveira (PT).

 

Paulista (PE): Yves Ribeiro (MDB) e Francisco Padilha (PSB).

 

Pelotas (RS): Paula Mascarenhas (PSDB) e Ivan Duarte (PT).

 

Petrópolis (RJ): Rubens Bomtempo (PSB) e Bernardo Rossi (PL).

 

Ribeirão Preto (SP): Duarte Nogueira (PSDB) e Suely Vilela (PSB).

 

Santarém (PA): Nélio Aguiar (DEM – atual prefeito) e Maria do Carmo (PT).

 

São Gonçalo (RJ): Dimas Gadelha (PT), e Capitão Nelson (Avante).

 

Serra (ES): Sergio Vidigal (PDT) e Fabio Duarte (Rede).

 

Vitória da Conquista (BA): Zé Raimundo (PT) e Herzem Gusmão (MDB).

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *