Publicidade

País tem 177.027 casos e volta a superar mil mortes por covid em 24h, diz Conass

  • em



O Brasil voltou a superar mil mortes diárias por covid-19 e registrou, entre a segunda-feira, 7, e está terça-feira, 1.189 óbitos causados pela doença, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgados neste dia 8 de fevereiro. Com os registros, o País acumula 633.810 vidas perdidas para a doença.

 

A média móvel de óbitos em sete dias avançou para 820, a maior desde 19 de agosto de 2021, quando foram 821 óbitos de média.

 

 

 

O levantamento do Conass, que compila dados de secretarias de Saúde dos 26 Estados e do Distrito Federal apontou ainda 177.027 novos casos de covid-19 em 24 horas, com um total de 26.776.620 registros desde o início da pandemia.

 

 

A média móvel de casos segue em queda para 165.202, ante 179.604 casos de média há uma semana, em 2 de fevereiro.




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.

 

 

Você pode nos ajudar aqui:

 

 

Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

 

 

BRB

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

 

 

→  PIX:23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

 

 

📷 Instagram

🎞️YouTube

📱Facebook  

💻Site

 

 

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

 

 

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *