Publicidade

OMS: nova cepa do coronavírus que surgiu na África é batizada de ômicron

  • em



OMS (Organização Mundial da Saúde) batizou de ômicron, a variante B.1.1.529 do coronavírus, detectada pela 1ª vez na África do Sul. A organização declarou a nova cepa do vírus como uma “variante de preocupação” internacional.

 

 

Os cientistas da OMS definem como “variantes de preocupação” aquelas que são mais transmissíveis e com risco maior de letalidade.

 

 

Leia neste post o que se sabe sobre a nova variante identificada na África do Sul.

 

 

Com o surgimento da cepa, a OMS pediu que os governos adotassem uma série de medidas, como aumentar a vigilância no sequenciamento das variantes; submeter sequências completas do genoma do vírus a um banco de dados público; relatar os casos de infecção à organização; e realizar investigações e avaliações em laboratórios em conjunto com a comunidade internacional para entender os potenciais impactos, assim como a eficácia das medidas de restrição, os métodos de diagnóstico e a neutralização de anticorpos.

 

 

OMS destacou ainda que a variante tem um “grande número de mutações” e que a quantidade de casos está aumentando em quase todas as províncias da África do Sul.

 

 

A agência também reforçou o uso de máscara, a higiene das mãos, o distanciamento social, evitar espaços lotados e a vacinação. Dentre as medidas de saúde pública, a OMS citou a melhora da ventilação em espaços internos.

 

 

Segundo cientistas, a variante, identificada há cerca de 2 semanas, tem uma “constelação incomum” de mutações, causando preocupação as consequências que ela pode trazer para a eficácia das vacinas atuais.

Brasil

 

 

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) divulgou na manhã desta 6ª feira (26.nov.2021) nota técnica em que recomenda medidas de restrição para viajantes e voos da África do Sul, de Botsuana, da Suazilândia, do Lesoto, da Namíbia e do Zimbábue. As medidas têm natureza emergencial e são temporárias. Eis a íntegra da nota. O governo Jair Bolsonaro deve seguir a recomendação.

 

 

O presidente, no entanto, criticou nesta 6ª feira (26.nov.2021) a sugestão de um apoiador que visitava o Palácio da Alvorada, em Brasília. O visitante disse que o governo poderia barrar a entrada de turistas europeus em aeroportos brasileiros devido ao avanço da covid-19 em alguns países.

 

 

“Não vai vedar, rapaz, que loucura é essa? Fechou aeroporto, e o vírus não vai entrar? Já está aqui dentro, não existe isso”, disse. E completou: “Tem que aprender a conviver com o vírus”.

Mundo

 

 

Os principais índices globais têm queda generalizada nesta 6ª feira (26.nov.2021) com as informações de uma nova variante de covid-19 na África do Sul com mais de 30 mutações. O preço do petróleo também cai. O barril tipo brent desaba 5,35%, aos US$ 77,82. O WTI recua 5,70%, aos US$ 73,92.

 

 

Nas mínimas, o brent chegou a US$ 77,25 e o WTI a US$ 72,64. Mercados acionários terminaram o dia na Ásia com perdas, destaque para Tóquio com -2,53% e Hong Kong com -2,67%. Europa tem queda generalizada.

Europa

 

 

O governo do Reino Unido incluiu, na 5ª feira (25.nov.2021), 6 nações africanas na “lista vermelha” de localidades com restrições de viagem por conta da pandemia de covid-19. A decisão foi tomada depois de identificada uma nova variante do coronavírus no sul da África.

 

 

Britânicos ou residentes no Reino Unido que estejam ou tenham passado por essas localidades deverão fazer quarentena.

Bélgica

 

 

A Bélgica confirmou o 1º caso de uma nova variante do coronavírus, a B.1.1.529, na Europa. O ministro da saúde belga, Frank Vandenbroucke, divulgou a informação nesta 6ª feira (26.nov.2021).

 

 

“Temos um caso que já está confirmado dessa variante”, disse. De acordo com ele, é um paciente que veio do exterior e apresentou diagnóstico positivo em 22 de novembro. Segundo ele, a pessoa não estava vacinada.




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB
Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *