Publicidade

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

  • em



Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos

 

 

Coerência não é o forte do setor financeiro. Para manter as negociatas articuladas pelo governo – desmembramento da Petrobras, privatização da Eletrobras, entre outros, até um certo grau de calote vale. O movimento mereceu a ironia de Paulo Nogueira Batista Jr. no artigo “Contra argumentos não há fatos”.

 

 

Escreve o economista: “Mesmo assim, a linha dura da ortodoxia ainda tenta uma rearguard action, uma ação de retaguarda em defesa do teto [dos gastos]. Integrantes do mercado financeiro argumentam que a sua preservação justifica plenamente a postergação de grande parte dos precatórios. Ora, ora. Eu vivi, leitor, para ver a turma da bufunfa defender um calote na dívida pública!”

 

 

E segue Nogueira: “Os bufunfeiros não deveriam, entretanto, esquecer que, por legítima extensão do argumento, a defesa da austeridade fiscal poderia então recomendar um calote também nos títulos públicos em mãos dos investidores. Felizmente para eles, a regra do teto só se aplica (e não por acaso!) ao gasto primário, e não aos juros da dívida. Mesmo assim, a rigor, se o importante é impedir o crescimento real do gasto e da dívida do setor público, e se calotes são afinal defensáveis, a turma da bufunfa deveria, por coerência, defender um calote mais amplo na dívida governamental.

 

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB
Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *