Publicidade

O colapso na saúde e o atraso cultural

  • em


O colapso da saúde e o atraso cultural do povo, das autoridades, das elites no sentido de não perceberem a gravidade da situação que o Brasil está vivendo na pandemia do novo coronavírus, que já matou quase 300 mil pessoas em apenas 12 meses, foi o tema da última edição do Tecendo o Amanhã .

 

Os jornalistas Moysés Corrêa e Beto Almeida conversam sobre o assunto, traçando uma análise da situação do Brasil. “A gente sabe que esses números, comparativamente com a população, são bem diferentes que em diversos outros países que tiveram comportamento mais condizente com a realidade da ciência, com o conhecimento que a humanidade já obteve, e é muito importante compreender que o conhecimento é da humanidade”, explica o jornalista Moysés Corrêa, apresentador do programa.

 

O programa Tecendo o Amanhã é uma rede de televisões comunitárias com parceria das TVs Comunitárias de Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Recife e, agora, com a incorporação da Rádio Manaua – a voz da resistência, sob o comando de Beatriz Fagundes e, no marketing, Daniela Castro.

 

O programa está aberto para novas adesões. A quem se interessar em participar da rede, entre em contato pelo email programatecendooamanha@hotmail.com. Também está aberto a sugestões, críticas e para retransmissão do programa diário. “Participe desta rede porque aqui o centro é o Brasil e o povo brasileiro”, convida Moysés Corrêa, jornalista apresentador do programa.

 

Confira, no vídeo, a seguir

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *