Publicidade

Novo massacre é registrado na zona rural de Riohacha, no norte da Colômbia

  • em



Segundo o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento e a Paz (Indepaz) da Colômbia, com o massacre de La Guajira são quatro em 2023

 

 

Em menos de 15 dias de 2023, já está ocorrendo o quarto massacre do ano na Colômbia, desta vez na zona rural de Riohacha, em La Guajira, onde três pessoas foram assassinadas e incineradas.

 

 

Segundo versões preliminares, os corpos foram encontrados a uma curta distância da comunidade conhecida como Puerto Caracol na manhã de sexta-feira, 13 de janeiro.

 

 

Até o momento não se sabe a identidade das vítimas e segundo as autoridades não está claro quantas pessoas morreram no local, mas segundo informações preliminares, entre os corpos está o de uma mulher.

 

 

A área foi isolada e ao que tudo indica o ato honorário foi realizado na noite de quinta-feira, 12 de janeiro, e por isso ainda não há registro de desaparecidos.

 

 

A Polícia, por sua vez, informou que “em coordenação com o CTI, estão sendo realizadas as ações de vistoria técnica dos órgãos e do local. Enquanto isso, a Inteligência e a Investigação Criminal buscam os elementos materiais de prova para esclarecer o que aconteceu.”

 

 

“Será uma comissão especial de investigadores judiciais de Bogotá que tentará apurar quantas são as vítimas, se são duas ou três, porque devido ao incêndio os corpos foram espalhados e reduzidos a cinzas. Além de determinar o gênero das pessoas queimadas”, disse uma fonte ao portal Zona Guajira.

 

 

A Ouvidoria havia emitido um alerta de risco eleitoral em todo o país, no qual indicava que a cidade de Riohacha estava em risco médio, devido à presença de organizações armadas ilegais, que têm dificultado os processos de organização das comunidades, bem como lideranças e Defensores de Direitos. 

 

 

Por outro lado, um novo ato de violência foi registrado nesta quinta-feira no departamento de Nariño, exatamente em Ipiales, onde foram assassinados três pessoas entre 18 e 22 anos que saíam de uma boate, o que foi o terceiro massacre neste ano Na colômbia.

 

 

 

Os jovens foram agredidos por desconhecidos que atiraram contra eles quando iam buscar um veículo em que transportavam que estava estacionado em uma área próxima de onde se encontravam.

 

 

Indepaz explicou: “O homicídio envolve dois homens e uma mulher, no estabelecimento Eléctrico Chávez.”

 

 

“O fato ocorreu quando pessoas se preparavam para retirar um veículo deste local após terem compartilhado em um bar sendo abordadas por três indivíduos armados que trafegavam em motocicletas e atentando contra a integridade dos indivíduos, duas pessoas morreram no local e a outra vítima morreu no hospital do município de Ipiales”.

 

 

 

O Indepaz denunciou esta segunda-feira o segundo massacre registado este ano num restaurante do município de Cúcuta, departamento de Norte de Santander.

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *