Publicidade

Na largada, neto de Sarney retira candidatura à Prefeitura de São Luís

  • em


As eleições para prefeito de São Luís voltam a ter 11 candidatos. O deputado estadual Adriano Sarney (PV) anunciou sua desistência no dia de ontem, domingo, 27, justamente no dia em que as campanhas iniciaram. Adriano é neto do ex-presidente José Sarney, sobrinho da ex-governadora Roseana e filho do ex-deputado federal Sarney Filho.

 

O deputado, que é presidente estadual do PV, afirmou que se manterá neutro na disputa e liberou os 40 candidatos a vereador da legenda para apoiar quem desejarem na disputa à Prefeitura da capital. Adriano teve declaração de voto do avô, mas a tia seguiu caminho diferente levando o MDB a apoiar a candidatura do também deputado estadual Neto Evangelista (DEM).

 

Explicando, em nota, a sua decisão, o parlamentar apontou a sua não participação nos debates televisivos das três redes de maior audiência (devido às regras estabelecidas pelas emissoras) como determinante para sua retirada da disputa, uma vez que ele esperava compensar o pouco tempo que teria no horário eleitoral com sua atuação  nos debates.

 

“Devido ao nosso limitado tempo de TV – 6 segundos-, estávamos confiando na presença nos debates para expormos nossas ideias e mostrarmos para as pessoas nosso diferencial: conhecimento e experiência econômica e administrativa para levarmos São Luís para um novo patamar de desenvolvimento. (…) No entanto, não foi possível garantir nossa presença nos três debates com maiores audiências”.

 

A disputa pela Prefeitura de São Luís se mantinha com 11 pré-candidatos até o último dia de convenções. Naquela data, o PSL lançou a candidatura bolsonarista do Apóstolo Sílvio Antônio. Com a saída de Adriano Sarney, o quadro de postulantes ao cargo volta a ser novamente de 11.

 

Deputado estadual Adriano Sarney (PV)

 

  • Compartilhe