Publicidade

Na dialética da vacina, Bolsonaro abre para a China participar do leilão da 5G

  • em


Na dialética da vacina, o governo Bolsonaro decide não impor qualquer restrição à participação da China, por meio de sua empresa Huawei, no leilão para a tecnologia 5G na telefonia nacional.

A medida, que deverá ser publicada ainda nesta sexta-feira (29), à noite, no Diário Oficial da União (DOU), indica, claramente, a necessidade de uma aproximação ainda maior entre Brasil e China, ampliando uma cooperação comercial que já faz da nação asiática o maior parceiro brasileiro, superando qualquer resistência que, dentro do Palácio do Itamaray, tentava, inutilmente, agir contra a lógica da imposição dos fatos.

 

E, nesta lógica, deve ser considerado que o Brasil precisa da China não apenas para as suas exportações, mas também, gritantemente, para a compra de vacinas e insumos para a produção local desses fármacos, uma vez que o estagio atual de nossa indústria química de base não alcança o domínio de todo o ciclo produtivo, como os chineses já alcançaram.

A decisão de Bolsnaro deve ser entendida como uma derrota política para ele mesmo, obrigado a engolir todos os mais desqualificados e abjetos insultos que lançou contra a China, mas também é preciso que, dentro de uma lógica geopolítica, constate-se a grande derrota dos EUA, que tentaram ameaçar o Brasil caso permitisse a participação asiática nos leilões da tecnologia 5G.

 

É também uma vitória do multilateralismo e da própria Revolução Chinesa, que, desde seu triunfo, em 1949, sob a direção de Mao Tse-Tung, transformou-se de um país agrário e atrasado, em uma nação avançada e desenvolvidas, que, além de produzir vacinas e tecnologias para a 5G, também lança naves ao espaço sideral, superando em muito a produção industrial brasileira, que, na década de 1980, era bem superior à chinesa.

 

O site 247 informa que, com a decisão de não excluir o país do leilão do 5G, o governo brasileiro faz gesto importante à China. “Em uma reviravolta, o governo de Jair Bolsonaro decidiu atender a um importante pedido da China e não excluir o país asiático dos leilões do setor da tecnologia 5G no Brasil. Acesse o link e confira: https://www.brasil247.com/economia/governo-brasileiro-faz-gesto-importante-a-china-e-decide-nao-excluir-pais-do-5g

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *