Publicidade

Mulheres têm representatividade inédita no legislativo do Maranhão

  • em


 

A partir de hoje, 04, a Assembleia Legislativa do Maranhão vive uma situação inédita. Nada menos que 23,8 por cento de seus membros é composto por mulheres. É que assumiram como titulares as deputadas Socorro Waquim (MDB) e Betel Gomes (PRTB) nas vagas abertas pelos deputados Rigo Teles (PL) e Felipe dos Pneus (Republicanos), empossados no último dia 1º como prefeitos de Barra do Corda e Santa Inês, respectivamente. Também tomou posse como titular o deputado Fábio Braga (Solidariedade) na cadeira que era de seu colega de partido Fernando Pessoa, que assumiu a Prefeitura de Tuntum.

Até agora, a bancada feminina no legislativo maranhense era constituída por Ana do Gás (PCdoB), Andreia Rezende (DEM), Cleide Coutinho (PDT), Daniela Tema (DEM), Detinha (PL), Doutora Thaiza (PP), Helena Duailibe (Solidariedade) e Mical Damasceno (PTB).

Interessante é notar que o índice de 23,8% de mulheres na Assembleia Legislativa é algo raro no Brasil. Na Câmara dos Deputados, a bancada feminina é formada por apenas 10,5% do total dos parlamentares, o que coloca o País na 152ª posição entre 192 países, segundo levantamento da Inter-Palamientary Union. Conforme o mesmo organismo, o Brasil tem o pior desempenho entre todos os países da América do Sul no quesito de representatividade feminina.

 

Luiz Pedro

  • Compartilhe