Publicidade

MST divulga campanha de Carta Aberta ao STJ sobre o julgamento das mortes de Marielle Franco e Anderson Gomes

  • em


Prezadas companheiras e companheiros,

 

No próximo dia 27 de maio, às 14h, será julgado pela 3a Seção do  Superior Tribunal de Justiça (STJ), o pedido de federalização das investigações sobre os mandantes dos crimes que tiraram a vida de.

 

Em razão da absoluta falta de isenção da Polícia Federal para realizar essas investigações, ainda mais neste momento em que são noticiadas as interferências do presidente na Polícia Federal, os familiares das vítimas, o Instituto Marielle Franco, a Coalizão Negra por Direitos,  entidades de direitos humanos e movimentos sociais, deram início a uma campanha pela não federalização do caso.

 

Em resumo, entendemos que a federalização seria a pavimentação do caminho para a impunidade.

 

Nós do MST aderimos à campanha e pedimos aos nossos companheiros e companheiras, nos estados e em nível nacional, que façam um esforço para divulgar a campanha (federalizacaonao.org), bem como  angariar assinaturas para a Carta Aberta ao STJ.

 

Giane alvarez

Advogada

Setor de DH do MST nacional

 

  • Compartilhe