Publicidade

Morre Sálvio Dino, pai do governador do Maranhão

  • em


Morreu no início da manhã desta segunda-feira, 24, o advogado, escritor, ex-deputado estadual e ex-prefeito de João Lisboa Sálvio Dino Jesus de Castro e Costa, pai do governador do Maranhão, Flávio Dino. Sálvio Dino, como era conhecido, estava com 88 anos de idade e se encontrava internado no Hospital Carlos Macieira, em São Luís, por causa de complicações decorrentes da covid-19 e problemas cardíacos.

 

Foi o próprio governador quem anunciou o óbito, através de sua conta no Twitter, às 6:32 horas da manhã. Flávio Dino se utilizou dos versos da Canção do Tamoio, de Gonçalves Dias, para fazer a última despedida ao pai. No domingo, Sálvio Dino sofreu quatro paradas cardíacas e sua morte chegou a ser anunciada em blogs de São Luís e do interior.

 

Eleito deputado estadual em 1962, Sálvio Dino foi cassado e teve seus direitos políticos suspensos na primeira leva de cassações ocorridas após o golpe de 1964. Retornou à política 10 anos depois, filiado à Arena, elegendo-se novamente à Assembleia Legislativa.

 

Era membro da Academia Maranhense de Letras, onde tomou posse em 1999. Deixou vasta obra literária, inclusive um livro onde relata a passagem da Coluna Prestes pelo Sul do Maranhão.

 

 

Mensagem deixada por Flávio Dino em sua conta no Twitter:

 

  • Compartilhe