Publicidade

Mídia deve refletir mudança que só acontece 1 vez na vida

  • em



Fórum de Mídia do Brics discute papel dos meios de comunicação na nova ordem global

 

Foi realizado nesta sexta-feira, online a partir de Beijing, o 5º Fórum de Mídia do Brics. Nos discursos dos integrantes de meios de comunicação do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, a certeza de que o mundo está passando por um novo período de turbulência e transformação, e a busca da comunidade internacional por paz e desenvolvimento, justiça e democracia, democracia e liberdade e cooperação em que todos ganham se tornou ainda mais vital. Como destacou Tatiana Valovaya, diretora-geral do Escritório da ONU em Genebra, é o início de uma nova ordem global, algo que acontece só uma vez na vida.

 

Huang Kunming, diretor do Departamento de Comunicação do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh), salientou a proposta feita pelo presidente chinês Xi Jinping, a iniciativa de desenvolvimento global (GDI), em busca de paz e estabilidade globais.

 

Fu Hua, presidente-executivo do 5º Fórum e presidente da Agência de Notícias Xinhua, listou quatro pontos entre as metas da mídia: multilateralismo e desenvolvimento pacífico; divulgação dos resultados das ações do Brics; cooperação em inovação; e combate às fake news.

 

Este escriba comentou as ameaças ao jornalismo profissional, que sofre ataques em busca de desqualificar os jornalistas. Destacou também a parceria entre o Monitor Mercantil e a Xinhua na editoria Cinturão e Rota, com novas matérias diariamente no site do jornal.

 

O Plano de Ação do Fórum de Mídia do Brics para 2022–2023 insta as organizações de comunicação dos países do bloco a desempenharem seu papel como pontes para gerar uma forte sinergia para garantir uma parceria de alta qualidade e fortalecer o mecanismo do Brics ao máximo.

 

“Planejaremos entrevistas conjuntas, cooperaremos em edições especiais, sites e feeds de notícias e realizaremos a produção conjunta de longas-metragens especiais e transmissões ao vivo sobre tópicos de tendências em diferentes locais”, diz o Plano.

 

Estiveram presentes cerca de 300 representantes de mais de 170 meios de comunicação e instituições de 73 países e regiões.

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *