Publicidade

Maranhão ensaia reabertura econômica a partir do dia 25 deste mês

  • em


As atividades econômicas no Maranhão serão retomadas gradativamente a partir da próxima segunda-feira, 25, conforme anúncio feito pelo governador do Estado, Flávio Dino, agora há pouco.

 

O processo terá a duração de 45 dias e iniciará com a reabertura de pequenos negócios de caráter totalmente familiar, ou seja, que funcionem somente com mão–de-obra do proprietário e de seus familiares próximos, como cônjuge, filhos ou irmãos. A norma se estende a todos os municípios do Estado, mas não contempla estabelecimentos sediados em shopping centers.

 

A fim de estabelecer regras para essa reabertura gradual, o governador editou decreto, onde as regras se classificam entre aquelas gerais e outras segmentadas.  A reabertura das pequenas e microempresas familiares é um exemplo dessas regras válidas para um segmento econômico.  Outros setores econômicos terão estabelecido protocolos que permitirão seu retorno ao funcionamento. Segundo o chefe do Executivo, esses protocolos estão já em processo de elaboração através de duas secretarias, a de Indústria e Comércio e a de Direitos Humanos e Participação Popular.

 

O Maranhão passa por medidas restritivas de caráter não farmacológico que se intensificaram no período de 5 a 17 deste mês, quando se estabeleceu o lockdown nos quatro municípios da Ilha da capital. Após este período, as normas restritivas voltaram à situação anterior, com as atividades consideradas não essenciais, permanecendo fechadas. É essa situação que começa a se modificar na próxima segunda-feira.

  • Compartilhe