Publicidade

Malafaia é condenado por vídeos ofensivos a Marcelo Freixo

  • em


O pastor Silas Malafaia – amigo pessoal de Jair Bolsonaro – terá que indenizar o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) em R$ 15 mil, por determinação da 36ª Vara Cível do Rio. A informação foi dada pelo colunista Ancelmo Gois.

 

Freixo processou Malafaia em 2016, quando, durante a campanha eleitoral, Malafaia postou quatro vídeos na Internet com fake News difamando Freixo. O pastor chegou ao cúmulo de afirmar que o deputado defendia o incesto, a pedofilia e o sexo com animais, além de dizer que ele queria erotizar precocemente crianças de seis anos.

Em um dos vídeos, Malafaia disse que “Marcelo Freixo é a favor de que crianças de seis anos aprendam sexualidade na escola”.

  • Compartilhe