Publicidade

Luladay domina as redes sociais com apoio de fãs Anitta

  • em



A 50 dias do primeiro turno, evento promovido por fãs de Anitta coloca Lula e os avanços em seus dois primeiros governos no topo dos temas mais comentados

 

 

A 50 dias do primeiro turno, o Luladay – evento promovido em favor da candidatura Lula por fãs de Anitta –, é o tema mais comentado na manhã de hoje (13) nas redes sociais. O evento político-cultural com duração de 24 horas tem o intuito de angariar mais eleitores para a chapa Lula e Alckmin. A ação teve início à 0 hora e vai até às 23h59 deste sábado (13). A estratégia é que os participantes postem motivos que têm para votar em Lula, destacando os avanços a partir das políticas sociais em seus dois governos.

 

 

No entanto, neste Luladay o ex-presidente tem sido alvo de das milhares de postagens não só de fãs de Anitta. Personalidades, artistas, políticos e apoiadores de Lula estão deixando participando. O alívio pela chegada do pleito é um sentimento comum entre as manifestações, assim como a gratidão e o afeto ao candidato que lidera as pesquisas de intenção de voto.

 

 

“Bom dia 13 de agosto pra companheirada que sabe que daqui a 3 dias começará a campanha eleitoral vitoriosa que elegerá o presidente que resgatará este país das trevas”, lembrou o professor de Direito da Universidade de Fortaleza Marcelo Uchôa, integrante da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia em seu perfil no Twitter.

Luladay também contra as Fake News

 

 

Em sua publicação, o professor lembra que o país está acostumado a “terceirizar o assunto Fake News para o TSE”, mas que “se a gente não responder com a verdade na mesma intensidade, o prejuízo não terá mais reversão”. “Pra ganhar precisamos reconhecer q o bolsonarismo mantém domínio no meio, inclusive pq manipula bem diversas ferramentas e usa Fake News sem peso na consciência. Estão atacando com tudo nas redes. Estão deliberadamente rifando o erário para obter dividendos político-eleitorais. O fisiologismo tá assediando explicitamente o Judiciário. Criaram um tribunal! O terrorismo de hj foi o decreto das forças armadas nas eleições. Precisamos reagir”, conclama.

 

 

O advogado em Direitos Humanos Jefferson Nascimento, da equipe da Oxfam Brasil, também participou do #LulaDay. “Tô com Lula pois seu governo contribuiu para tirar 30 milhões de brasileiros da pobreza. Hoje, tudo mudou para pior. Não há democracia real com 33 milhões de pessoas passando fome #LULADay. Entre 2003 e 2014, a população em situação de pobreza caiu de 51,1 milhões para 20,7 milhões, aponta @CampelloTereza. “É possível enfrentar a fome. É possível ser feito. A gente já fez – e podemos fazer novamente” #EncontroContraAFome“, registrou.

Confira algumas participações no #LulaDay

 

 

 

 

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *