Publicidade

Lula inocente e totalmente livre

  • em


Nunca o futuro de um país dependeu tanto da virada de um único voto. A mudança do voto de Carmem Lúcia foi a expressão mais contundente da mudança da situação política nacional, que não aceita mais colocar Lula no cercadinho de Moro apenas para impedi-lo de ser candidato.

 

Com a aprovação da suspeição de Moro, Lula é de fato inocente e deixa de ser vítima de um sistema brutal de manipulação político-midiática e de lawfare.

 

A vitória de hoje foi muito mais profunda do que aquela advinda da decisão técnica de Fachin. Foi ao mesmo tempo uma vitória contra dois inimigos do povo: Bolsonaro e a direita liberal.

 

A suspeição de Moro tirou totalmente o pouco que ainda restava de legitimidade da acusação de Lula como corrupto. Essa era a fala que seria martelada na cabeça dos eleitores até 2022, para tentar desqualificar Lula como alternativa política.

 

Nem Bolsonaro, nem a TV Globo, nem Ciro podem agora acusar Lula de ser corrupto e ficarem impunes. Até mesmo as perguntas-fraudes das pesquisas do Datafolha, divulgadas com tanto gosto pelo JN, serão jogadas no lixo.

 

A fraude política e eleitoral perdeu espaço para a política, para a disputa do voto, o julgamento das urnas. O sol da democracia desponta no horizonte, mas ainda precisamos fazer muito para livrar nosso país do massacre desse vírus mortal e desse governo de terror e ódio do presidente genocida e de sua política econômica predatória.

 

(*) Val Carvalho – escritor e militante de esquerda

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *