Publicidade

Lula garante retomar o PAC e crédito para agricultura familiar: “Estado voltará a ser indutor da economia”

  • em



Durante ato na capital alagoana, o ex-presidente voltou a defender valorização real do salário mínimo. “Vamos acabar com a fome neste País”, disse Lula

 

 

O candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, prometeu nesta quinta-feira (13) ajudar os agricultores familiares no Brasil, disse que retomará mais de 13 mil obras paradas e criticou possíveis tentativas de privatização de estatais.

 

 

 

“Vamos retomar quase 14 mil obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) paradas depois do golpe contra Dilma. Teremos crédito para a agricultura familiar. Não vamos privatizar a Petrobrás, os Correios, o Banco do Brasil, nem a Caixa Econômica, nem o Banco do Nordeste. O Estado vai voltar a ser indutor da economia”, afirmou.

 

 

“Queremos que o salário mínimo aumente todo ano acima da inflação. Queremos o direito de comprar um carrinho, um computador, um celular, andar de avião, ir ao cinema. A mulher brasileira vai ganhar igual ao homem”, acrescentou.

 

O ex-presidente prometeu mais investimentos em educação. “A gente vai voltar a investir em universidades. Não estou preocupado com a dívida do Fies. Vou recuperar o Ministério da Cultura. Vou criar o Ministério da Igualdade Racial. Vamos criar o Ministério dos Povos Originários. Vai ter ministro indígena”.

 

Em seu discurso, Lula criticou Bolsonaro, que associou os eleitores nordestinos ao analfabetismo. “É um cidadão que não gosta de nordestino. Tenho orgulho de ser nordestino. Sai do Nordeste para não morrer de fome, mas nunca me conformei com o fato de o Nordeste aparecer nas páginas dos jornais como a região com maior número de crianças desnutridas, deixando de ir à escola”, disse.

 

 

“Não é possível que Deus, tão generoso, não olhe para o Nordeste com o mesmo carinho que olha para outras regiões. Tomei a decisão de cuidar do Nordeste como se estivesse cuidando da minha família. Vamos acabar com a fome neste País”.

 

 

Intenções de voto

 

 

O ex-presidente conseguiu 56,50% dos votos válidos em Alagoas, contra 36,05% de Bolsonaro. Lula teve 48% dos votos válidos e o ocupante do Planalto, 43%, no primeiro turno da eleição presidencial. As pesquisas Quaest e Atlas Intel, divulgadas nesta quinta-feira (13), mostraram o petista em primeiro lugar na disputa do segundo turno, marcado para o dia 30 de outubro.

 

Na eleição para o governo alagoano, Paulo Dantas (MDB), candidato à reeleição, teve 46,64% dos votos válidos e Rodrigo Cunha (União Brasil), 26,79%. Os dois farão o segundo turno.

 

 

O ex-governador Renan Filho (MDB) foi eleito senador por Alagoas. Em janeiro de 2023, Fernando Collor (PTB-AL) deixará o mandato no Senado para a entrada do emedebista. Renan Calheiros (MDB-AL) e Rodrigo Cunha são os outros dois senadores do estado que terminarão o mandato em 2027.

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *