Publicidade

Lula decide que Ministério do Esporte vai ser ocupado por mulher; Ana Moser deve ser a escolhida

  • em



Presidente diplomado quer aumentar a participação feminina no futuro gabinete

 

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, decidiu que uma mulher irá ocupar o Ministério do Esporte. O nome mais cotado é o da ex-jogadora de vôlei Ana Moser.

 

Outra ex-jogadora de vôlei, a senadora Leila Barros, do PDT, também é citada. Outro nome cogitado é da ex-jogadora de basquete Marta, que é filiada ao Partido dos Trabalhadores.

 

As informações são de Julia Duailibi, no G1.

 

As três integraram o Grupo de Trabalho do Esporte na equipe de transição. Se a escolha for de Leila, Lula já preenche a cota do PDT. O partido de Ciro Gomes e Carlos Lupi espera ganhar uma pasta em função do apoio a Lula no segundo turno.

 

 

O prefeito de Araraquara (SP), Edinho Silva, que coordenou o GT de Esportes, não deverá ser indicado porque Lula quer aumentar a participação feminina no futuro gabinete.

 

 

Havia uma expectativa de que o Ministério do Esporte fosse ocupado por um quadro do PCdoB, como ocorreu em gestões anteriores do PT. Os comunistas, no entanto, devem ficar com outra pasta.

 

 

Lula decidiu recriar o Ministério do Esporte, pasta que manteve durante seus mandatos presidenciais.

 

 

No governo de Jair Bolsonaro, a estrutura da antiga pasta fica abrigada no Ministério da Cidadania.

(*) Por Roberta Ferpin, Agenda do Poder, e reproduzido do site Brasil 247.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *