Publicidade

Lula: “Da minha parte não tem nenhum problema em ter Alckmin como vice”

  • em



“Ele (Alckmin) tem que ser igual ou melhor que o José Alencar pra me ajudar a governar o país”, disse ainda Lula

 

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou durante entrevista coletiva para a Fórum e a mídia independente, nesta quarta-feira (19), que não vê problema algum em formar uma chapa com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, que deixou o PSDB recentemente.

 

 

“Eu não terei nenhum problema se tiver que fazer uma chapa com Alckmin pra ganhar as eleições e governar esse país”, afirmou. Nós vamos construir um programa de interessa da sociedade brasileira, todo mundo sabe o que eu quero pra esse país, não abro mão de que a prioridade e o povo brasileiro, o povo trabalhador, a classe média baixa, o que está desempregado, essa gente pe que tem que ser a nossa prioridade e eu espero que o Alckmin esteja junto”, completou.

‘Sou candidato para ganhar’

 

 

Lula lembrou que, por enquanto, nem ele e nem o ex-governador têm falado sobe o assunto. “Você vê todo mundo falar todo santo dia, todo mundo dá palpite. O Alckmin saiu do PSDB e não se definiu pra que partido ele vai. E eu não defini a minha candidatura. Então não pode ter nem candidato, nem vice”, afirmou.

 

 

O ex-presidente disse ainda: “eu não sou candidato para ser protagonista, eu sou candidato pra ganhar as eleições, em um momento em que o Brasil está infinitamente pior do que estava em 2003, quando eu tomei posse”.

 

 

“Espero que as forças políticas que querem o Alckmin de meu vice estejam ouvindo isso: ele tem que ser igual ou melhor que o José Alencar pra me ajudar a governar o país”, disse ainda Lula.

 

 

“Ganhar eleições é mais fácil do que governar”, disse Lula. “E governar significa que você tem que ter uma capacidade muito grande de conversar com as pessoas. Por isso é que nós precisamos fazer alianças, parcerias. Eu tive com o governador Alckmin durante quatro anos na Presidência. E eu não tenho nenhuma divergência da relação com ele. Nós temos divergências, e é por isso que pertencemos a partidos diferentes, mas isso não impede que, se for necessário, que se construa a possibilidade das divergências serem colocadas num canto e você colocar as convergências num outro canto pra poder governar”, afirmou.

 

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.

 

 

Você pode nos ajudar aqui:

 

 

Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

 

 

BRB

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

 

 

→  PIX:23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

 

 

📷 Instagram

🎞️YouTube

📱Facebook  

💻Site

 

 

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

 

 

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *